• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Segundo os cientistas, essa é a nova explicação para a formação de tornados

POR Diogo Quiareli    EM Natureza      17/12/18 às 18h05

Há anos, os cientistas acreditavam que os tornados se formavam nas nuvens e depois atingiam a superfície terrestre. No entanto, um grupo de climatologistas demonstrou que isso pode estar totalmente errado. Na verdade, esse fenômeno poderia se formar no solo de forma rápida, em apenas alguns minutos. Jana Houser, meteorologista da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, usou um Radar Doppler móvel de varredura para estudar esses tornados. Ela conseguiu, após vários testes, obter dados sobre quatro tornados que teriam nascido de tempestades de supercélulas, também conhecidas como tempestades rotativas.

Jana e sua equipe começaram a estudar o tornado El Reno, de 2013. Por causa do ponto de vista em que estavam, os estudiosos foram capazes de obter o que chamaram de "conjunto de dados sem precedentes" durante o Tornado genesis, que é a formação do tornado, a 10 metros acima do solo. Na mesma época, os caçadores de tempestades conseguiram captar o fenômeno em imagens. Pesquisadores então analisaram as fotografias e fizeram uma comparação com medições do radar de velocidade do vento.

As imagens mostravam um claro tornado no chão antes que o radar mostrasse qualquer rotação em altitudes mais altas. A partir disso, os cientistas determinaram que a rotação acontece no solo antes de se materializar nas nuvens. Segundo análises dos demais tornados, eles apresentaram padrões semelhantes, embora o de El Reno, em 2011, tenha apresentado rotação de várias elevações diferentes. Isso indica que pode haver vários modos de tornado genesis. Ainda assim, este não teria sido formado no céu.

Os Estados Unidos sofrem com pelo menos mil tornados por ano. Por esse motivo, os quatro fenômenos analisados podem representar uma amostra muito pequena dessa realidade. Os cientistas dizem que, para proteger as pessoas, deve-se entendê-los antes. Atualmente, a detecção de tornados baseia-se na velocidade do vento nas nuvens. Se a formação deles começar próxima ao chão, e puder ser detectada, isso pode adiantar, mesmo que em poucos segundos, os primeiros avisos de segurança.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+