• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Segundo pesquisas, humanos são capazes de interpretar alguns sons emitidos por chipanzés

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      25/06/20 às 13h10

Temos muitas características semelhantes a outros animais e isso não conseguimos negar. Dizem que evoluímos dos primatas e, analisando os costumes, estrutura física e comportamento como um todo, até acreditamos. Os chimpanzés, por exemplo, andam quase como nós humanos, além de parecer que estão sempre tentando se comunicar conosco. Um estudo recente mostrou que sim, temos mais em comum com esses animais do que imaginamos. Segundo estudiosos, os seres humanos são capazes de interpretar alguns sons emitidos pelos chimpanzés. Isso aumenta ainda mais a crença de que somos a evolução dessa espécie.

O estudo foi realizado na Universidade de Amsterdã, na Holanda. Não sozinha, contou com outros estudos da Universidade de York, no Reino Unido e do Instituto Max Planck de Antropologia Evolucionária, na Alemanha. Encontraram então evidências da capacidade humana de deduzir comportamentos a partir da vocalizações de chimpanzés. Essa pesquisa foi publicada no último dia 17 de junho, na revista científica Proceedings of Royal Society B. Trouxemos para você, caro leitor, mais detalhes sobre esse estudo. Aproveite desde já para compartilhar com seus amigos nas redes sociais. Agora, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se.

Estudos comprovam que seres humanos conseguem entender alguns sons emitidos por chimpanzés

Alguns estudos anteriores apontaram que nós, humanos, conseguimos interpretar o que animais querem dizer. Isso tudo a partir dos sons que eles emite. O ronrona do gato, latido do cachorro e até mesmo rugido do leão são alguns exemplos. Entretanto, faltam pesquisam que mostrem até onde essa habilidade natural pode chegar. Por esse motivo, uma equipe de cientistas decidiu investigar como as pessoas conseguiam interpretar vocalizações de uma espécie próxima. Essa é o chimpanzé.

Eles realizaram dois experimentos que envolviam mais de 3.400 voluntários. Esses ouviram os sons de chimpanzés e depois tentaram deduzir seu contexto. No primeiro teste, os pesquisadores pediram que os participantes selecionassem, numa lista, 10 categorias de comportamentos. Entre eles, os que mais se associavam a um som emitido pelos primatas. Não foram capazes de cumprir a missão, então os estudiosos foram para outra fase.

Eles pediram aos voluntários que respondessem apenas "sim" ou "não" quando um som fosse compatível a uma palavra que aparecia no computador. As características comportamentais dos chimpanzés estavam relacionadas a diferentes situações. Esses eram: separados da mãe, atacados por um agressor, sendo ameaçados, recusando um alimento, descobrindo uma grande quantidade de comida e levando um susto. Realizaram então esse teste.

Os pesquisadores descobriram então que os voluntários foram bons. Eles conseguiram conectar bem as vocalizações com apenas alguns comportamentos dos animais. os cientistas perceberam que, de modo geral, as pessoas foram boas em conectar as vocalizações negativas. Eles creem que isso pode estar relacionado a identificação de vocalizações entre espécies. Essas, que estão ligadas às habilidades de sobrevivência na natureza.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Imagens Info Escola V.A
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+