• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Sistema de encanamento de Pompeia é restaurado e surpreende por ainda funcionar

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      17/02/20 às 16h51

Pompeia foi uma cidade do Império Romano, que marcou a história por um fato chocante. O lugar ficava a 22 quilômetros da cidade de Nápoles, na Itália, no território do atual município de Pompeia. A cidade foi destruída durante uma enorme erupção do vulcão Vesúvio, ano de 79. Esse evento provocou uma intensa chuva de cinzas que sepultou completamente a cidade. Ela e manteve oculta por 1600 anos, até que em 1748 foi reencontrada. Lamas e cinzas protegeram as construções e os objetos dos efeitos do tempo. Isso moldou também os corpos das vítimas, o que fez com que fossem encontradas do modo como foram atingidas pela erupção.

A Pompeia hoje é um enorme sítio arqueológico. Estudiosos do mundo inteiro viajam até o local para encontrarem coisas "novas" e descobrir um pouco mais sobre a época. Eles buscam evidências de como viviam a população naquele lugar, o que vestiam com frequência, como se alimentavam e etc. Felizmente, o local é extremamente rico nesse quesito. Recentemente, uma nova descoberta chamou a atenção de vários estudiosos do mundo inteiro. Um sistema de encanamento da Pompeia foi restaurado e, de forma surpreendente, ainda funcionou. Confira conosco mais detalhes sobre isso e surpreenda-se.

Sistema de encanamento da Pompeia foi restaurado

O antigo sistema de tubulação e encanamento de Pompeia, na Itália, está em ótimas condições e deve voltar a funcionar. Isso, mesmo depois de ter sido construído há 2.300 anos. Os 457 metros de construções foram afetados pelo vulcão. Como falamos antes, foi esse que destruiu a cidade e matou todos os moradores daquela região. Ainda assim, mesmo nessas condições, os pesquisadores afirmaram que recuperar o sistema de drenagem foi possível.

Segundo os especialistas, essa rede de túneis e canais se ramifica a partir de duas cisternas. Essas são localizadas abaixo do centro da cidade. Acredita-se que a construção desse sistema tenha ocorrido em três fases, começando no século 3 a.C. e isso foi quando a cidade sofreu os impactos do Vesúvio. As obras provavelmente não estavam finalizadas. Para explorar esse sistema de drenagem da Pompeia, os especialistas começaram a limpar os túneis ainda em 2018.

Começaram a restaurá-los com o intuito de torná-los úteis novamente. No entanto, para isso, a equipe teve que desenvolver uma técnica que não perturbasse o resto do sítio arqueológico tão rico na região. O projeto felizmente deu certo. Agora, os arqueólogos pretendem explorar outras partes da cidade. Eles esperam que, com isso, consigam encontrar mais túneis e canos para serem restaurados. "O projeto de explorar esses túneis faz parte das atividades do Parque Arqueológico de Pompeia. Eles visam ampliar nossa compreensão do local, que é a base essencial de qualquer intervenção de monitoramento ou salvaguarda". Essa foi uma declaração de Massimo Osanna, diretor geral do sítio.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+