icone menu


Stephany Rosa, do meme "bêbada de Curitiba", morre aos 30 anos

POR Erik Ely    EM Entretenimento      14/07/20 às 01h30
capa do post Stephany Rosa, do meme "bêbada de Curitiba", morre aos 30 anos

Você se lembra do meme da "bêbada de Curitiba"? Em 2012, esse meme fez com que Stephany Rosa da Silva ficasse famosa na internet. Assim, até os dias de hoje é possível encontrar pessoas usando seu vídeo como figurinhas, GIFs ou imagens em comentários. Entretanto, mesmo fazendo tanto sucesso, o que muita gente não sabe é que, desde 2018, a jovem lutava contra um câncer no ovário.

Para tratar do câncer, recentemente, Stephany Rosa havia feito uma vaquinha online para custear um tratamento alternativo contra a doença. Dessa forma, esse tratamento seria menos doloroso e poderia ser mais eficaz. No entanto, a jovem, de 30 anos, acabou não resistindo. Assim, a confirmação da sua morte veio através de uma postagem feita nas redes sociais de sua mãe.

Há dois anos, a jovem lutava contra um câncer no ovário

Para além do vídeo que viralizou nas redes sociais, Stephany trabalhava com consultora de vendas de produtos de beleza. Mas, em seus últimos dias, a jovem permaneceu internada no Hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba, capital do Paraná. "É um câncer de ovário com características de câncer de intestino. Mas só pela posição em que o tumor estava", relatou Stephany em um vídeo publicado no perfil dela no YouTube.

Em sua última postagem nas redes sociais, feita no dia 6 de junho, Stephany falava sobre o tratamento alternativo. "Como a maioria de vocês já sabem, luto contra o câncer há quase 2 anos. E resisti em pedir ajuda financeira, mas agora, sem perspectiva de eficácia do tratamento na medicina tradicional, estou atrás de alguns recursos da medicina alternativa, bem como uma cuidadora e algumas outras coisas que estão descritas na vakinha", afirmava na postagem. "Eu venci cada um desses medos, eu falei tanto dessa vakinha para as pessoas e agora ela é uma REALIDADE, finalmente. Estou feliz e grata, independente do resultado, porque cresci muito no processo", completou Stephany.

Sua imagem era conhecida nas redes sociais

De acordo com a descrição da vaquinha, Stephany pretendia arrecadar R$ 20 mil para o tratamento. No entanto, até esta segunda-feira (14/07), o valor arrecadado já havia chegado a R$ 121.748, 71. Ou seja, seis vezes mais do que o esperado. Contudo, Stephany acabou morrendo antes de iniciar o tratamento alternativo.

Com a confirmação de sua morte nas redes sociais, sua mãe também disse que o velória acontecerá no cemitério Santa Cândida, em Curitiba. Desse modo, o sepultamento está marcado para as 11 horas desta terça-feira (14/07). No entanto, por conta da atual restrição de distanciamento social, o velório deverá ser voltado apenas para a família da jovem. Hoje, muitos familiares e pessoas próximas da jovem postaram mensagens em ser perfil nas redes sociais.

Em 2012, Stephany Rosa ficou mais conhecida como a "bêbada de Curitiba". Isso aconteceu após ela ter sido detida dirigindo com sinais de embriaguez. Assim, com seu humor alterado, a jovem deu uma entrevista para a Rede Massa, afiliada ao SBT (Sistema Brasileiro de Televisão). Depois disso, o vídeo viralizou nas redes sociais e até hoje pode ser encontrado até hoje em forma de memes ou figurinhas.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+