• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Sua máquina de lavar roupas pode estar cultivando superbactérias

POR Renata G Pereira    EM Curiosidades      02/10/19 às 15h28

Sim, sua máquina de lavar pode estar cultivando superbactérias. No dia 27 de setembro, na Alemanha, pela primeira vez, pesquisadores identificaram a presença da superbactéria Klebsiella oxytoca. A K. Oxytoca, como ficou mais conhecida, foi encontrada em uma máquina de lavar roupas.

Tal bactéria, conhecida por ser superpotente, é além de tudo, hiper-resistente. Em síntese, a máquina de lavar roupas pertencia a um hospital. E a bactéria foi encontrada dentro do reservatório de água, por onde passa o sabão. Você já observou como está a sua máquina de lavar roupas? De acordo com alguns pesquisadores, sua máquina de lavar roupas pode estar cultivando superbactérias, sem você se dar conta.

Cultivando superbactérias

Segundo a Sociedade Americana de Microbiologia, a proliferação da bactéria na máquina de lavar roupas se deu devido à temperatura da água. Para economizar energia, a temperatura da água, utilizada nas máquinas de lavar roupas, está cada vez mais baixa.

Sendo que o correto seria utilizar a água com altas temperaturas. Altas temperaturas evitam que as bactérias ou micróbios se proliferem dentro da máquina de lavar. Isso porque a baixa temperatura da água não consegue matar a bactéria e outros organismos patogênicos.

A bactéria K. Oxytoca, que foi encontrada na máquina de lavar roupas, foi transmitida repetidamente aos recém-nascidos, que estavam internados em uma unidade de terapia intensiva neonatal, em um hospital alemão.

As roupas utilizadas pelos recém-nascidos estavam contaminadas pela bactéria. E a transmissão aos bebês cessou somente quando a máquina de lavar foi retirada do hospital.

De acordo com as diretrizes de higiene hospitalar alemãs, o hospital deveria estar usando uma máquina de lavar roupa especial. Em suma, aquelas que lavam as roupas através de processos envolvendo a utilização de água em altas temperaturas. Do mesmo modo, que fazem uso de desinfetantes. "Este é um caso altamente incomum para um hospital, pois envolve uma máquina de lavar de uso doméstico", disse a pesquisadora, Ricarda M. Schmithausen, Ph.D. no assunto.

O que são superbactérias

A superbactéria foi encontrada, pela primeira vez, no ano de 2000, nos Estados Unidos. Após sofrer uma mutação, ela se tornou resistente a antibióticos e a outras espécies de bactérias. Segundo pesquisadores, essa característica da superbactéria pode estar relacionada ao mau uso, ou uso indiscriminado, de antibióticos.

A bactéria KPC (Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase), pode ser encontrada na água, no solo, em alimentos como vegetais, cereais e frutas. É transmitida em ambiente hospitalar, através do contato com secreções de pacientes infectados. A KPC pode causar pneumonia, infecção sanguínea e urinária, podendo evoluir para um quadro de infecção generalizada.

A KPC não se propaga fora do ambiente hospitalar, e é resistente a antibióticos, deixando aqueles, que forem contaminados, suscetíveis a outros tipos de infecções.

Segundo o relatório global sobre a resistência bacteriana, publicado recentemente pela OMS, a situação é de ameaça à saúde pública mundial. Pois se as bactérias se tornarem imunes aos antibióticos existentes, até a mais simples infecção pode vir a ter complicações mortais.

No Brasil, medidas vêm sendo tomadas na tentativa de amenizar a situação. Antibióticos só podem ser vendidos mediante receita médica, sendo duas vias, uma fica na farmácia e a outra com o paciente. Essa medida é para que dificulte a automedicação e o uso desnecessário de medicamentos.

Com o objetivo de promover reflexões sobre o tema, a Organização Mundial da Saúde (OMS) realiza, todos os anos, no mês de novembro, a Semana Mundial do Uso Consciente de Antibióticos (World Antibiotic Awareness Week).

Próxima Matéria
Via   eurekalert     uol  
Renata G Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+