• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Suíço deixou tudo em seu país e se mudou para a África com a missão de resgatar animais mutilados

POR Diogo Quiareli    EM Compartilhando coisa boa      07/03/19 às 18h45

Diversas pessoas surpreendem o mundo com seus feitos. E o suíço Dean Schneider é um belo exemplo. Dean é um "instagramer" e compartilha toda a sua vida por meio de vídeos e fotografias em sua rede social. Na maioria dos registros, ele aparece brincando com diversos tipos de animais, demonstrando bastante felicidade. Posar com animais não parece nada incomum, certo? O diferencial desse homem é que ele está sempre ao lado de leões, hienas, macacos e até mesmo pítons. O homem não trabalha no zoológico e não cria esses animais em casa, ele apenas cuida de uma reserva localizada na África. Para isso, ele deixou toda sua vida urbana no passado e se dedica totalmente a isso.

Dean era um homem de negócios e trabalhava com dinheiro em um escritório, até que um dia ele percebeu que essa não era a vida perfeita para si. Em 2017, ele decidiu deixar o seu emprego bastante promissor, vendeu todos os seus bens materiais e resolveu viver da forma que sonhava na infância, ou seja, na natureza selvagem. "Eu tinha muito, mas me sentia infeliz. Eu não estava fazendo nada que fosse importante para mim. Eu disse a mim mesmo: "Eu preciso mudar alguma coisa. Eu sigo meu sonho de salvar animais e criar um lar para eles, onde eles estarão seguros", contou.

Dean apoiava desde antes organizações de bem-estar animal, mas queria fazer algo a mais por eles. Ele decidiu abrir uma reserva na África, onde os animais selvagens, feridos pelas mãos do homem, seriam atendidos por especialistas. Pais e amigos de Dean ficaram chocados com sua decisão. Eles não imaginavam que alguém pudesse desistir do seu futuro brilhante na Suíça, país de primeiro mundo. "Eles não entenderam que eu não estava feliz lá", disse ele em uma entrevista. Muitas pessoas que viviam ao seu redor não acreditaram quando ele decidiu isso e até chegaram a afirmar que ele estava cometendo um erro.

"Eles reagiram como se eu fosse louco e não soubesse o que estava fazendo. No começo, foi difícil para mim aceitar" contou Dean. No entanto, ele não abandonou sua ideia. Dean deu ao lugar o nome de Hakuna Mipaka, que significa "Sem Restrições". O trabalho realizado no local é baseado em 5 princípios: liberdade, lealdade, gratidão, fraternidade e coragem. A área total da reserva é de 400 hectares. Parte desse território é reservada para os animais nascidos em cativeiro. O trabalho de Hakuna Mipaka recebe o financiamento pelos fundos pessoais de Dean e, futuramente, ele também pretende atrair patrocinadores.

Vídeo

Além disso, sua reserva conta com uma loja online, onde você pode comprar coisas com o logo de Hakuna Mipaka. Dean ainda deseja que as pessoas aprendam mais sobre a vida selvagem. Ele quer que todos saibam apreciar sua beleza e a amem. Afinal, como diz o fundador, "protegemos apenas o que amamos". Um dos personagens principais do local é o leão Dexter. Hoje é difícil acreditar que o leão ativo e forte, pesando mais de 80 quilos, já foi um felino frágil e fraco que não conhecia a vida fora da jaula e sofria várias doenças.

Dean felizmente salvou o filhote de leão dos criadores na reserva. Dexter tem a sorte de estar em boas mãos agora, mas diversos animais infelizmente sofrem um destino diferente. Os caçadores furtivos apresentam um grande perigo à vida selvagem. Eles costumam espalhar carne envenenada para atrair os leões. As presas e patas são vendidas no mercado negro, pois acreditam que estão curando muitas doenças. Guardas patrulham a área da reserva à noite a fim de proteger a reserva.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   ADME  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+