• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Técnica de Feynman, a melhor maneira de aprender qualquer coisa

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      16/10/19 às 11h47

Através dos estudos recebemos o conhecimento, que é um poderoso agente de transformação na vida de uma pessoa. Além do mais, estudar nos apresenta inúmeras culturas e nos faz expandir nossa consciência. Portanto, é seguro dizer que o estudo é de suma importância para o desenvolvimento humano.

Na escola, por exemplo, além das aulas regulares, temos a oportunidade de aprender e conviver com pessoas diferentes. O que acrescenta à nossa bagagem cultural, nos apresentando coisas distintas daquilo que aprendemos em nossas casas. Além do mais, nas salas de aula, ampliamos nossa visão do mundo. Seja através dos livros ou daquilo que nossos professores nos apresentam.

Os países considerados de primeiro mundo, em sua maioria, senão em sua totalidade, têm como princípio uma boa educação. O que garante um futuro mais próspero a seus cidadãos, e, consequentemente, ao país. Elevando o nível de riqueza material e cultural.

Técnica de Feynman

Entretanto, nem todas as pessoas no mundo possuem acesso à boas escolas e métodos que facilitem o aprendizado. Muitos pensadores desenvolveram excelentes técnicas, que possibilitam uma maior absorção e fixação do conteúdo estudado. Uma delas é a técnica desenvolvida pelo físico teórico estadunidense, Richard Feynman, vencedor do Prêmio Nobel, em 1965.

Sua técnica consiste em quatro passos básicos: ensinar a uma criança, revisar, organizar e simplificar e transmitir. No entanto, para compreendermos a técnica, é importante entendermos que existem dois tipos de conhecimento. De acordo com Feynman, o primeiro tipo de conhecimento é focado em saber o nome de uma coisa em específico. Já o segundo, foca em saber algo além.

Para Feynman, entender a diferença entre sobre saber o nome de algo e entende-la é fundamental. Isso foi explicado pelo físico da seguinte maneira: "Vê aquele pássaro? É um tordo-marrom, mas na Alemanha é chamado de halzenfugel, e, na China, eles o chamam de chung ling. E mesmo que você saiba todos os seus nomes, você ainda não sabe nada sobre o pássaro. Você só sabe um pouco sobre as pessoas; como elas chamam o pássaro. Agora, aquele tordo canta e ensina seus filhotes a voar, e voa quilômetros de distância durante todo o verão pelo país, e ninguém sabe como ele encontra seu caminho".

1º passo - Ensine uma criança

Pegue uma folha de papel e escreva o assunto que você deseja aprender no topo. Em seguida, escreva tudo o que você sabe sobre o tema. Assim, como se estivéssemos ensinando aquilo a uma criança. Palavras mais complexas e termos muito técnicos devem ser deixados de lado. Lembre-se, uma criança não conseguiria compreender se o vocabulário não adequado. Escrever sobre algo em uma linguagem simplificada, nos faz compreender a coisa toda de forma mais profunda. Isso porque simplificamos as conexões entre as ideias.

2º passo - Revisar

Muito provavelmente, no passo anterior, algumas dificuldades surgirão. Além do mais, pode acontecer de você não ter clareza sobre todos os tópicos abordados sobre o assunto. O que é bom para você identificar os pontos em que você precisa focar. Afinal, é quando descobrimos o limite de nosso conhecimento que podemos aprender coisas novas.

Uma vez que você identificou as brechas no seu conhecimento, você precisa então preenchê-las. Portanto, estude até conseguir explicar aquilo que você não sabe, em termos básicos.

3º passo - Organizar e simplificar

Leia tudo o que você anotou em voz alta. Caso haja alguma coisa, que não tenha ficado clara, isso significa que aquilo não é simples o suficiente para ser compreendido. Organize tudo como se estivesse contando uma história. Criar analogias, te ajuda a compreender que você já está dominando aquele tema.

4º passo - Transmita

Este é passo é quase opcional, porém, muito valoroso para a técnica. Se você deseja testar seu conhecimento sobre algo que você está estudando, tente transmitir isso a outra pessoa. De preferência, a uma criança por volta dos 8 anos. A ideia consiste em explicar algo a alguém, de forma que ela consiga entender aquilo e ainda conseguir transmiti-lo a outrem.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+