icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Tecnologia de controle e leitura de mente está cada vez mais próxima

POR Bruno Dias EM Curiosidades 13/03/20 às 16h07

capa do post Tecnologia de controle e leitura de mente está cada vez mais próxima

Muitos acham que o controle da mente é apenas coisa de filme. Mas o fato é que vários estudiosos têm teorias de que o governo, por exemplo, pode estar controlando a mente da população. Seja pela publicidade, nos programas de televisão, nos filmes e até nas músicas, que escutamos no shoppings. Teorias assim acreditam que tudo isso podem ser formas de as nossas mente estarem sendo controladas.

Normalmente, pensamos que esse controle e leitura da mente não são possíveis. Mas, de acordo com o pesquisador de desenvolvimento e plasticidade do sistema nervoso, Douglas Fields, muito em breve, as tecnologias de leituras elétricas e estimulação elétrica do cérebro vão existir. E elas serão capazes de ajudar no diagnóstico e tratamento de várias condições mentais.

Para a medicina, isso é uma evolução bem grande. Mas existem questões éticas envolvidas com as técnicas de leitura e controle mental. Conseguir manipular a atividade elétrica do cérebro pode ser uma revolução para diagnosticar e tratar doenças mentais. A tecnologia será um avanço do mesmo jeito que a bioquímica foi para o diagnóstico de vários fatores de risco e doenças corporais.

Estudo

Um exemplo disso, é quando um médico pede um exame de sangue, para ver como está a saúde do corpo. Se com o exame, a pessoa descobre que tem colesterol alto, o médico pode dizer a ela, que isso é um fator de risco para se ter um derrame. Além de explicar o que se pode fazer para diminuir o risco.

De uma forma parecida, monitorar, por apenas alguns minutos, a atividade cerebral, pode dizer várias coisas sobre a saúde mental. Pode ser desde doenças neurológicas até as habilidades cognitivas, e até doenças mentais, como por exemplo, déficit de atenção, hiperatividade e esquizofrenia.

O possível problema é a maneira como esse conhecimento será aplicado. Para se diagnosticar ou tratar uma doença, esse método é uma excelente opção. Mas existem fronteiras perigosas. Já que os padrões de atividade elétrica no cérebro também podem dizer se uma pessoa é normal ou anormal.

Limites

O pesquisador disse que analisar a mente das pessoas, usando as ondas elétricas que são captadas por uma touca de eletroencefalograma, pode indicar várias descobertas. Ele pode servir para medir o QI de uma pessoa, para identificar seus pontos fortes e fracos cognitivos e para ver os traços de personalidade. Além de determinar as aptidões de aprendizado.

Se essa tecnologia for usada em um criança na pré-escola ela pode dizer o quão bem ela iré ler quando for na escola. Em seu livro "Eletric Brain", Fields diz que já usou essa tecnologia. E depois suas ondas cerebrais foram registradas com um eletroencefalograma durante cinco minutos.

Depois disso, o neuropsicológico, Chantel Prat, disse a Fields que aprender uma língua estrangeira, seria muito difícil para ele, por causa das ondas beta fracas em uma parte específica de seu córtex que era responsável pelo processamento da linguagem.

E realmente, Fields estudou alemão e espanhol mas não conseguiu aprender nenhuma dessas línguas. Mas saber como essa leitura cerebral pode influenciar a vida das pessoas, ainda é uma incógnita.

Lendo pensamentos

Um estudo feito pelo neurocientista, Marcel Just e seus colegas da Universidade Carnegie Mellon, usou a ressonância magnética, para decifrar os pensamentos de uma pessoa, através de padrões complexos de atividade cerebral.

Com essa leitura da atividade cerebral, é possível descobrir em qual número ela está pensando ou qual emoção está sentindo. As implicações da pesquisa são várias. A equipe pode prever se uma pessoa está pensando em se suicidar, somente analisando como o cérebro responde às palavras morte e felicidade.

Além desses casos, os pesquisadores acreditam que esse método também pode evitar crimes graves como massacres escolares. Mas existem todas as questões éticas de se estar invadindo a mente das pessoas. Tudo ainda precisa ser muito discutido e estudado.

"O gênio está fora da garrafa. É melhor começarmos a conhecê-lo", concluiu Fields.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest