• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Thomas Edison planejou criar um telefone que falaria com espíritos

POR Lucas Curado    EM Ciência e Tecnologia      14/02/18 às 12h49

Já imaginou um telefone que falasse com espíritos? Você poderia conversar com as pessoas que você ama e que já partiram, ou então descobrir como é o pós-vida. Essa ideia não é algo de agora, antigamente as pessoas já pensavam nisso. Acontece que poucos indivíduos realmente acreditavam que fosse possível. Bom, para Thomas Edison as coisas eram diferentes. Ele estava empenhado em construir um aparato desses. O que motivava Edison era uma uma visão não supersticiosa do que seria o espírito.  Ele acreditava que poderia se "comunicar" com o que ele acreditava ser o tal espírito. Edison queria construir seu aparelho, porém, sem usar argumentos místicos ou ocultistas.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você uma das ideias mais mirabolantes, porém fantásticas, desse grande cientista que foi Thomas Edison. Munido de uma visão futurística e revolucionária, ele chegou a pesquisar e criar teorias para desenvolver sua máquina. Hoje na Fatos Desconhecidos você vai conhecer a história do telefone que Thomas Edison idealizou para contactar espíritos.

O telefone dos espíritos

Edison acreditava que quando uma pessoa morria, ela espalhava "unidades de vida" pelo universo, algo como energia ou uma essência. De alguma maneira, ele também acreditava que era possível criar uma ligação essas unidades vitais. Edson chegou a dar uma entrevista a uma famosa revista americana e contar seu plano. Ele planejava, utilizando meto dos científicos, desenvolver o tal telefone espiritual. Por incrível que pareça, isso não soou tão "maluco na época", ainda mais vindo de um inventor como EdIson.

Entusiasmo da época

A comunidade científica, jornalistas e outros entusiastas, ficaram bastante animados com a ideia. A notícia fez um grande barulho, porém nunca chegou a sair do papel. Esse "fervor" causado é bem compreensivo. Na época, havia pouco tempo que o telefone, o fonógrafo e lâmpadas haviam sido inventadas... Em outras palavras, pessoas estavam vendo pela primeira vez a energia sendo transformada. Contudo, anos se passaram e historiadores nunca acharam evidências de que Edison superou as tentativas de fazer a máquina.

O Diário de Edison

Foi em 2015 que um jornalista francês encontrou um exemplar raro de um dos diários do inventor. Ao adquiri-lo, o jornalista se deparou com as raras anotações de Edison sobre o "pós-vida". Edison se mostrava bastante crente na possibilidade, já que o mesmo acreditava na indestrutibilidade da vida. Consequentemente, ele acabou virando chacota e alvo de várias piadas devido suas frustradas tentativas. Em seu diário pode ser encontrado uma parte que relatava suas ideias para a máquina e suas teorias do pós-vida. Essa parte do diário rendeu ao jornalista francês a inspiração para criar seu livro, O Reino Depois da Morte.

E aí, o que achou da matéria? Deixe seu comentário e até a próxima!

Próxima Matéria
Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+