Tubarão descoberto parece uma baleia e cabe na palma da mão

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      23/07/19 às 18h57
foto de destaque

Uma nova e rara espécie de tubarão foi descoberta por pesquisadores, há pouco tempo, no Golfo do México. O Mollisquama mississippiensis, foi apelidado de Pocket Shark. Ou tubarão de bolso, em tradução livre. Isso, devido a uma características muito marcante no animal.

O tubarão foi capturado em 2010, pelos pesquisadores da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA). Análises mais detalhadas, realizadas ao longo desses anos, o descreveram como uma nova espécie, conforme publicado em um novo estudo na revista científica Zootaxa.

O peixe, de esqueleto cartilaginoso, mede apenas 14 centímetros de comprimento. Muitas pessoas pensam que o apelido recebido pelo tubarão tenha sido por ele ser bem pequeno. Inclusive, a ponto de caber caber em um bolso. Porém, o apelido surgiu devido a um orifício em seu corpo. Localizado próximo de suas barbatanas peitorais, a particularidade muito se parece com um bolso.

Segundo o que relataram os pesquisadores, os tubarões de bolso têm corpos afilados e cabeças achatadas "com um focinho bulboso e arredondado". Em alguns ângulos, essa espécie de tubarão muito se parece com uma versão minúscula da baleia cachalote. Esse é, na verdade, o segundo exemplar do tubarão encontrado. Uma fêmea do tubarão de bolso foi capturada em 1979, no Pacífico Sul, ao largo da costa do Peru. Ela integra a coleção do Museu Zoológico de São Petersburgo, na Rússia. Entretanto, o novo exemplar foi identificado como masculino.

Apesar do tubarão ter sido capturado em 2010, apenas quando Mark Grace, do NMFS Mississippi Laboratories da NOAA, o examinou, em 2013, é que ele decidiu descobrir a qual espécie o animal pertencia. Tal intuito seria feito em colaboração com Henry Bart, diretor do Instituto de Pesquisa em Biodiversidade da Universidade de Tulane, em Louisiana, e também com Michael Doosey, outro pesquisador.

Tubarão de bolso

Os cientistas utilizaram um microscópio de dissecação, imagens de raios X e tomografia computadorizada de alta resolução para examinar e fotografar o espécime. E foi então, que eles descobriram que ele possui algumas características distintas do exemplar fêmea.

Seus dentes são diferentes, e ele possui menos 10 vértebras. Além do mais, segundo os cientistas, ele possui uma glândula na parte da frente de suas barbatanas. Algo que esguicha um fluido bioluminoso. Além de ter também pequenas glândulas produtoras de luz por todo seu corpo. Outra suposta característica do tubarão de bolso é que ele seria mais sensível a pressão, podendo detectar movimentos a centenas de metros de distância.

"Na história da ciência pesqueira, apenas dois tubarões de bolso já foram capturados ou registrados". disse Grace. "Ambas são espécies separadas, cada uma de oceanos separados. Ambas são extremamente raras".

De acordo com Bart, que também é coautor do estudo, a descoberta só mostra o quanto sabemos pouco sobre as águas profundas do Golfo do México. "O fato de apenas um tubarão de bolso ter sido relatado no golfo do México, e de ser uma espécie nova, ressalta o pouco que sabemos sobre o golfo, principalmente sobre suas águas mais profundas, e quantas novas espécies adicionais dessas águas estão aguardando para serem descobertas", ressaltou Bart.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
avatar Jesus Galvão
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+