• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Tudo que você precisa saber sobre The Witcher, a próxima série de fantasia da Netflix

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      29/01/18 às 17h34

Atualmente, The Witcher é uma trilogia de jogos eletrônicos de muito sucesso. O que, talvez, poucas pessoas saibam, é que os games foram baseados em uma série de livros e contos publicados na década de 1990. Intitulada Wiedzmin (The Witcher em polonês), a saga foi escrita pelo polonês Andrzej Sapkowski e é conhecida no Brasil como A Saga do Bruxo Geralt de Rívia. Recentemente, a Netflix anunciou que adaptará a história em forma de série live action. Embora esta não seja a primeira adaptação do título, muitos fãs ficaram animados com a notícia. Ao todo, já são oito livros publicados por Sapkowski, os quais servirão como base para a série.

Para quem é novo neste universo, a história conta as aventuras de Geralt de Rívia, um dos últimos bruxos da Terra. Dentro da mitologia criada por Andrzej Sapkowski, há criaturas geneticamente modificadas que possuem habilidades sobrenaturais e, por isso, se tornam grandes ameaças. Cabe aos bruxos o papel de combater esses perigosos seres. Sendo a produção da Netflix, The Witcher promete ser um projeto audacioso e que chamará bastante atenção. Sendo assim, separamos algumas informações essenciais para você se preparar para a chegada da série.

1 - O que um Witcher?

Com dito, devido a ameaças de criaturas com poderes sobrenaturais, os Witchers são os responsáveis por caça-las e eliminá-las. Eles são uma espécie de bruxos matadores que possuem habilidades extraordinárias. São treinados desde criança para o trabalho, mas não se enganem. Eles não cumprem a tarefa por causa de um bem maior. Os Witchers são profissionais que dispõem seus serviços sob contratação. Ou seja, eles são pagos para caçarem essas criaturas. Isso porque eles precisam ir para a escola para aprender o que sabem. Os livros mencionam três: The School of the Cat, The Scholl of the Griffin e The School of the Wolf. Sendo esta última a qual o protagonista, Geralt de Rívia, pertence.

Além de magias e poções, os alunos também aprendem diversas formas de combates. Eles também são educados a como manusear a criar vários tipos de armas. Mesmo assim, os Witchers costumam carregar apenas duas espadas: uma lâmina de aço para mortais e uma de prata, que fere a maioria dos monstros. Outro acessório que os acompanham é um medalhão que representa a escola que frequentaram e também vibra na presença de magia. Para sua, digamos, formatura, os alunos são expostos ao Trial of Grasses, que consiste na ingestão de ervas especiais que causam mutação em seu sistema fisiológico. Elas servem para aprimorar tanto a parte física como mental da pessoa. Um processo extremamente doloroso, do qual, em média, apenas três de dez alunos sobrevivem. Depois desse ritual, a pessoa se torna uma Witcher de verdade.

2 - Os Monstros

O universo de The Witcher envolve vários tipos de monstros baseados em contos de fadas (não necessariamente os da Disney) e criaturas do folclore popular. Vampiros, lobisomens, dragões, fantasmas e outras várias criaturas fazem parte desse mundo. Nem sempre, a morte é o único caminho para esses monstros. Algumas vezes, eles são apenas pessoas comuns que foram amaldiçoadas. Se for este o caso, os Witchers podem tentar remover a maldição. Até porque, matar mesmo um monstro é uma tarefa complicada. Normalmente exige estratégia e muita habilidade.

3 - A sofrida vida de um Witcher

Ser um Witcher não tem nada a ver com o destino ou ser "O Escolhido". Caso os serviços de um bruxo sejam contratados e a pessoa não tem dinheiro para pagar, ele pode entrar na casa do contratante e pegar a primeira coisa em que colocar os olhos. Essa ação é protegida pela Lei da Surpresa. Muitas vezes, o pagamento vem na forma de uma criança. Ela é retirada de seu lar e colocada em uma das três escolas de bruxaria.

Depois de suportar as dificuldades do treinamento, o Witcher é enviado para o mundo para percorrer O Caminho. Uma jornada sem fim em busco do próximo contrato. Isso porque, embora haja monstros nesse mundo, eles não são tão frequentes a ponto de um Witcher viver às custas da caça. Assim, eles são pessoas que ganham e vivem com muito pouco. Na verdade, eles não são vistos com bons olhos pelo povo comum. Eles são vistos como estranhos por causa de suas habilidades mutantes e mágicas. Para muitas pessoas, se tornar um Witcher é a pior coisa que pode acontecer.

4 - A origem dos monstros

Como todos esses seres mitológicos acabaram parando em um lugar só? De acordo com a lenda, há milênios, múltiplos universos colidiram em um evento que ficou conhecido como Conjunção das Esferas. Por causa das brechas que se abriram, diversas criaturas mágicas acabaram ficando presas em apenas um local, obrigadas a coexistir. O evento mudou por completo a história do Continente. Os elfos viajaram de seu mundo para o Continente em navios brancos e fundaram sua própria civilização, conhecida como Aen Seidhe.

5 - O mundo de The Witcher

As histórias ocorrem em um lugar identificado apenas como O Continente. Ele é dividido por quatro regiões e suas respectivas cidades. Dentro dos Reinos do Norte estão: Aedrin, Cidaris, Cintra, Aliança de Hengfors, Kaedwen, Kerack, Kovir e Poviss, entre outras. Há também o Império de Nilfgaard, ocupante da maior área ao sul. Essas são as duas principais regiões, no entanto, o cenário de The Witcher é bastante rico e diversificado. Há várias cidades pequenas, vilarejos e povoados que, de uma forma ou de outra, eventualmente entram na história.

Então, já ficou curioso para conferir a série, ou mesmo os livros, de The Witcher? Comente com conosco suas impressões e expectativas para o novo investimento da Netflix.

Próxima Matéria
Via   Wikia     WBR     Wikia     CBR     WW  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+