icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Um famoso sanduíche do McDonald's vai mudar depois de quase 40 anos

POR Isabela Ferreira EM Curiosidades 20/02/18 às 18h21

capa do post Um famoso sanduíche do McDonald

Nunca foi tão comum encontrar pessoas que se preocupam com a saúde. Parece que a onda do momento é realmente buscar por métodos que nos garantam uma vida mais saudável e livre de problemas futuros. Em contrapartida, é claro que nem todos seguem esse caminho... Na outra ponta do iceberg podemos encontrar os fast-foods, que ainda são uma verdadeira tentação na vida de muita gente.

Muito conhecidos por apresentarem um cardápio repleto de alimentos nada saudáveis, mas que fazem o gosto de boa parcela da população. Recentemente, o McDonald's, uma das mais famosas e apreciadas redes no segmento, anunciou que vai trabalhar em mudanças em um dos seus mais tradicionais sanduíches: o McLanche Feliz. Após mais de 40 anos no mercado, a intenção é reformular o sanduíche para que apresente uma alternativa mais saudável e nutritiva para crianças.

Estima-se que essa nova medida afete diretamente o mercado de 20 países, incluindo o brasileiro. Segundo informações cedidas pela assessoria da rede, a intenção é que até o ano de 2022, seus objetivos já tenham sido concluídos de forma global.

Versão mais nutritiva

A ideia do McDonald's é fazer com que o sanduíche infantil não ultrapasse as 600 calorias. Até mesmo o cheeseburger será retirado do cardápio voltado para crianças. De acordo com Steve Easterbrook, CEO da empresa: "Esperamos que essas ações ofereçam mais opções aos consumidores. Que beneficiem exclusivamente milhões de famílias, pois são passos importantes à medida que construímos um McDonald's melhor".

A meta adotada pela empresa estipula os seguintes critérios nutricionais: O lanche deverá conter no máximo, 600 calorias; somente 10% das calorias vindas de gordura saturada; no máximo, 650 mg de sódio; até 10% das calorias vindas devido a adição de açúcar.

Segundo David Grinberg, diretor de comunicação do McDonald's no Brasil, a rede fez um acordo com uma ONG sem fins lucrativos. A intenção é estimular que as crianças consumam mais vegetais, frutas e laticínios com baixos teores de gordura.

A medida vem sendo adotada desde 2011, no entanto, somente agora foi divulgada. Apesar de o prazo ser encerrado apenas em 2022, já é possível observar algumas mudanças no lanche.

Por que esta pode ser uma ação importante?

Muitos não acreditam na verdadeira eficácia que tais medidas podem trazer. No entanto, é válido lembrar que o consumo excessivo de açúcar e gordura, a longo prazo, pode levar uma pessoa ao sobrepeso e ainda à obesidade. Muita gente tem o hábito frequente de fazer lanches em fast-foods, o que está diretamente associado a maiores problemas cardiovasculares. Embora esta não seja a real solução para o problema, é uma ação que ao menos é capaz de reduzir os agravantes.

E então pessoal, o que acharam? Apoiam a atitude do McDonald's? Acham que algo a mais poderia ser feito? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
Via   Vix     Cosmopolitan     G1     Fortune  
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest