icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Um homem de 90 anos decidiu ir atrás do seu sonho e se tornar um graduando

POR Natália Pereira EM Entretenimento 12/03/18 às 13h31

capa do post Um homem de 90 anos decidiu ir atrás do seu sonho e se tornar um graduando

Se alguns já acham difícil ingressar e concluir a faculdade com os seus 20 e poucos anos de idade, imagina fazer tudo isso aos 90 anos. É difícil imaginar que alguém com essa idade, depois de tanto tempo, permaneça com o sonho de concluir uma graduação e realmente consiga alcançá-lo. Mas, mesmo sobre todas essas circunstâncias, foi exatamente isso o que esse homem fez. Afinal, não importa quanto tempo passe, os sonhos parecem permanecer intactos na memória.

Por mais que hoje em dia a concorrência para entrar em uma faculdade seja maior, no passado nem todos tinham essa oportunidade. O custo alto e a necessidade de começar a trabalhar rápido fez com que Carlos Augusto Manço desistisse do seu sonho de cursas arquitetura durante sua juventude. Mas, mesmo que este tenha ficado guardado por muito tempo, acabou voltando atona a tempo. Na época tudo o que ele conseguiu fazer foi um curso técnico, mas as coisas finalmente começaram a se realizar agora.

A história de Carlos Augusto

Carlos Augusto, que tem 90 anos hoje, mora em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. E, apesar de ter mantido o sonho de se graduar em arquitetura durante toda a sua vida, quando era jovem tudo o que podê fazer foi um curso técnico em desenho industrial. Ainda sim, este feito abriu várias possibilidades para ele, fazendo com que este trabalhasse no Departamento de Água e Esgoto da cidade em que vivia durante 5 anos.

Depois de sair do seu primeiro emprego, ele foi chamado para trabalhar no Universidade de São Paulo (USP) e acabou desenhando diversas obras de expansão para a faculdade até o momento em que se aposentou. Ele acabou tendo contato com muitos engenheiros e arquitetos enquanto trabalhou para a USP e relatou que isso aumentou o seu desejo pela área, em uma matéria para Barão de Mauá - faculdade em que estuda atualmente.

Incentivos

Todo o desejo apresentado por Carlos Augusto acabou se refletindo sobre a sua família, que o apoiou em todos os momentos da sua decisão. O apoio recebido por ele foi muito importante e ele se preocupou em deixar isso claro. Além disso, ele ainda afirma que foi muito bem recebido por seus colegas de curso e que está muito empolgado com o aprendizado que está tendo. Apesar de acreditar ser cedo para julgar o curso e a turma ele afirma estar gostando e que, apesar de sentar na primeira fila e não conversar muito, sabe que pode contar com os colegas.

Quando sua neta, Isabella Bucci, foi falar mais sobre a história de seu avô, ela acabou apresentando outro fator decisivo que o fez ingressar na faculdade. Depois de 62 anos de casado, Carlos perdeu a sua esposa no ano passado e precisava de novos incentivos para retomar sua vida. Dentre os seus maiores desejos estava cursar arquitetura, e foi exatamente isso que ele fez. Ainda que isso tudo já pareça muito, ele ainda se dispôs a fazer um curso de pintura livre na USP. No futuro, ele pretende ajudar outros profissionais da sua área.

Considerações finais

Todos os esforços de Carlos tem conseguido incentivar diversas pessoas depois que a sua história começou a ser contada. Muitos de seus colegas e pessoas que estão em busca de seus sonhos podem pegar uma boa lição disso tudo. Afinal, ele mostra claramente que não existem limites para os seus sonhos e que você deve correr atrás deles. O número de universitários com mais de 50 anos não é alto e uma tabela sobre a sua quantidade, referente a ribeirão, foi divulgada.

Os dados acima mostram algumas universidades da região e o número de pessoas com mais de 50 anos em cada uma delas. O resultado deixa claro como esse número ainda é baixo, principalmente depois dos 70, e se acentua mais ainda. Talvez exemplos como esse façam com que mais pessoas como ele ingressem na faculdade em busca de seus sonhos. Um caso realmente emocionante, concordam? Nos faz pensar sobre os nossos próprios comportamentos quanto aos sonhos que temos.


Próxima Matéria
avatar Natália Pereira
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest