• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Um misterioso túmulo de 5 mil anos com 15 pessoas assassinadas foi encontrado

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      15/05/19 às 14h35

Há cerca de 5 mil anos, em um lugar onde atualmente se encontra a Polônia, uma extensa família teve um final muito sombrio. No caso, 15 pessoas foram brutalmente assassinadas. Todos os indivíduos mortos por golpes em suas cabeças. Embora tamanha violência tenha sido empregada em suas mortes, curiosamente, a pessoa que os enterrou tratou de ter o maior cuidado possível.

As mães foram colocadas ao lado de seus filhos, e irmãos colocados lado a lado, segundo um novo estudo publicado no início de maio na revista científica Proceedings of National Academy of Sciences.

O sepulcro

Aparentemente, a disposição dos corpos neste enterro não foi aleatória. O enterro mostra "crianças ao lado de pais, irmãos próximos uns dos outros e a pessoa mais velha perto do centro", disse o pesquisador e um dos líderes do estudo, o professor Niels Nørkjær Johannsen, da Universidade de Aarhus, na Dinamarca.

Arqueólogos descobriram este sepulcro que data do período Neolítico tardio durante a construção de um sistema de esgoto em 2011. O lugar fica próximo à cidade de Koszyce, no sul da Polônia. Esta não é a primeira vez que uma grande sepultura do Neolítico foi encontrada. Os restos mortais de 9 pessoas brutalmente assassinadas há 7 mil anos atrás foram encontrados em Halberstadt, na Alemanha. Outros 26 corpos foram encontrados em um "poço" de também 7 mil anos em Schöneck-Kilianstädten, também na Alemanha.

Entretanto, o túmulo encontrado é único. Isso porque os indíviduos tinham algum tipo de laço consanguíneo e não foram enterrados ao acaso. Tais informações são baseadas em análises genéticas dos restos mortais encontrados.

"Estamos lidando com o que você pode chamar de família extensa", disse Johannsen ao portal Live Science. Pudemos mostrar que há quatro famílias nucleares presentes e enfatizadas no enterro, mas esses indivíduos também estão relacionados uns com os outros nessas famílias nucleares - por exemplo, sendo primos".

Análises

As análises ainda fizeram outras revelações. O grupo tinha uma linhagem masculina e seis linhagens femininas, "indicando que as mulheres estavam se casando com grupos vizinhos nesta comunidade onde os machos estavam intimamente relacionados", observou Johannsen.

É basicamente impossível dizer quem pode tê-los enterrado. Mas, de uma coisa os cientistas têm certeza, foi um completo estranho. "Está claro que muito esforço foi feito nesse enterro e as pessoas que os enterraram os conheciam muito bem", disse Johannsen. Ainda assim, é interessante o fato dessas 15 pessoas terem sido enterradas juntas, e não separadamente.

"Talvez as pessoas que os enterraram estivessem com pressa", Johannsen disse. "Mas eles, no entanto, tiveram o cuidado de enterrar os indivíduos perto de sua família mais próxima e também equiparam os mortos com presentes funerários, como jarros de cerâmica, ferramentas de pederneira, enfeites de âmbar e ossos".

"O enterro não guarda os restos mortais de nenhum dos pais da família, então talvez as vítimas tenham sido massacradas quando os pais estavam fora, disse Johannsen. "Talvez eles tenham voltado mais tarde, encontraram suas famílias brutalmente assassinadas e posteriormente os enterraram de uma forma respeitosa".

Apesar do trágico massacre, o fato não surpreende os pesquisadores dado ao período de tempo. No Neolítico tardio, as culturas europeias estavam migrando das estepes para o leste. "Não sabemos quem foi responsável por este massacre, mas é fácil imaginar que a turbulência demográfica e cultural desse período de algum modo precipitou violentos confrontos territoriais", informou Johannsen.

Esse sepulcro em Koszyce  "é mais uma prova de que eventos letais de violência em massa ocorreram em todo o Neolítico da Europa", disse Christian Meyer, pesquisador da OsteoARC, que não esteve envolvido no estudo. "Esses eventos podem ser catastróficos para as comunidades visadas, que aparentemente foram construídas sobre a sobreposição de laços de parentesco biológico e social".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+