icone menu


Um novo estudo explica o possível motivo por você estar solteiro

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      27/11/18 às 12h59
capa do post Um novo estudo explica o possível motivo por você estar solteiro

Se você tem problemas para arrumar um companheiro (a), existem mil razões para isso estar acontecendo e sentimos dizer que um desses problemas pode ser a sua mãe. Isso ao menos de acordo com um novo estudo da Universidade do Estado de Ohio, sugerindo que podemos "herdar" habilidades para relacionamento e comportamentos de nossas mães.

As pessoas cujas as mães tiveram mais parceiros, são mais propensas a ter um maior número de parceiros em potencial. Em suma, o comportamento de nossa mãe pode realmente interferir em nossa capacidade de ter relacionamentos estáveis.

Ficou curioso para saber mais desse estudo, né!? A gente traz mais detalhes para vocês.

O motivo pelo qual você ainda está solteiro

Estudos já revelaram que as crianças com pais divorciados têm mais chances de se separarem, mas o novo estudo vai além disso. A pesquisa estudou como as crianças que formam novos relacionamentos depois de seus pais se separarem. Os pesquisadores analisaram dados de duas pesquisas longitudinais nacionais, com mais de 3.200 mães e filhos de 24 anos envolvidos. O estudo deu aos pesquisadores uma visão de longo prazo de como as duas gerações lidam não apenas com casamento e divórcio, mas também com outras relações.

Foi descoberto que tanto o número de casamentos, quanto o número de parceiros que moram na casa, afetavam de maneira semelhante quantos parceiros seus filhos tinham. Curiosamente, os irmãos relataram níveis semelhantes de parceria, mesmo que diferentes das mães.

"Você pode ver a coabitação como um tipo de relacionamento atraente e de menor comprometimento se você tiver visto sua mãe em um relacionamento como esse por mais tempo. Isso pode levar a mais parceiros, já que as relações de coabitação têm maior probabilidade de terminar", disse Kamp Dush, um dos autores do estudo.

O estudo observa que as mães têm certas características que as tornam "mais ou menos desejáveis ??no mercado de casamentos e melhor ou pior em relacionamentos". Juntando com as dificuldades econômicas após um divórcio ou separação, bem como o custo psicológico que uma criança pode experimentar vendo sua mãe passar por uma situação do tipo, os pesquisadores afirmam que os padrões de relacionamento são um comportamento repreendido.

"O que nossos resultados sugerem é que as mães podem transmitir suas características de casamentos e habilidades de relacionamento para seus filhos - para melhor ou para pior", explicou Kamp Dush. Ele completa dizendo que "pode ser que as mães que têm mais parceiros não tenham ótimas habilidades de relacionamento ou não lidem bem com conflitos ou tenham problemas de saúde mental, cada uma das quais pode prejudicar relacionamentos e levar à instabilidade. Quaisquer que sejam os mecanismos exatos, eles podem passar essas características para seus filhos, tornando os relacionamentos de seus filhos menos estáveis".

Então, caro leitor, da próxima vez que sua mãe reclamar que você não arruma namorado(a), diga que tudo pode ser culpa dela.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+