• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Um tigre em Nova York testou positivo para coronavírus

POR Bruno Dias    EM Mundo Animal      07/04/20 às 15h33

A pandemia de coronavírus já se tornou uma emergência de saúde pública global, com novos casos da doença a cada dia. O COVID-19 surgiu em Wuhan, na China. E por causa de sua intensidade e capacidade de matar as pessoas, o mundo todo está passando por uma situação bastante delicada. E todos estão em estado de alerta.

Desde que o vírus foi identificado ele tem gerado várias dúvidas e receios nas pessoas. Por causa disso, os órgãos oficiais indicaram as medidas que são necessárias, para tentar diminuir a disseminação do vírus.

Enquanto uma vacina para a doença ainda não fica pronta, a principal preocupação agora e evitar o contagio da doença. Até então, a principal forma de contagio era por vias respiratórias e contato com pessoas infectadas. E até então o que sabíamos era que a doença afetava apenas pessoas.

Mas a tigresa chamada Nadia, do Bronx Zoo em Nova York, é o primeiro animal da sua espécie a ter SARS-Cov-2, que é o vírus que causa o COVID-19 em humanos. O animal tem quatro anos e foi testado depois de ter apresentado uma tosse seca.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) confirmou nesse domingo o resultado do teste da tigresa. Os outros grandes felinos do zoológico também estão com os mesmos sintomas respiratórios. Mas outras espécies do zoológico não apresentam sintomas.

Os tigres e leões estão com tosse seca e tiveram uma diminuição de apetite. Mas no geral eles estão bem e com uma expectativa de recuperação total. Eles "estão ágeis, alertas e interagindo com seus cuidadores", afirma representante do zoológico.

"Não se sabe se essa doença vai se desenvolver em grandes felinos já que espécies diferentes podem reagir de forma diferente a infecções novas, mas nós vamos continuar monitorando-os de perto", explica ele.

Teste

O teste que foi feito na tigresa é diferente do feito em humanos. De acordo com o veterinário chefe do zoológico, Paul Calle, o teste foi feito em um laboratório-escola já que é preciso aplicar anestesia geral nos felinos para coletar as amostras de uma forma segura.

Como não tinha necessidade de expor mais animais aos riscos, apenas Nadia foi testada e não existem planos para que os outros animais também passem por testes.

Segundo o zoológico, a infecção dos animais aconteceu através de um funcionário do zoológico que estava assintomático enquanto ele cuidava dos animais. O zoológico está fechado ao público desde o dia 16 de março. E o primeiro tigre começou a apresentar os sintomas no dia 27 de março.

Animais

Esse teste positivo da tigresa não é motivo para desespero para os donos de animais de estimação. Até o momento não existem indícios de que os animais de estimação transmitam o vírus para os humanos. Então não tem nenhum motivo para ficar com pânico e querer o seu bichinho longe.

Mas o vírus pode sobreviver por algumas horas na pelagem dos animais e infectar outras pessoas. Por isso é importante que alguém que estiver infectado fique longe não só de outras pessoas, mas também do seu animal de estimação.

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Hypesicence
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+