icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Uma cadela saudável foi sacrificada para ser enterrada com sua dona

POR Jesus Galvão EM Curiosidades 27/05/19 às 19h38

capa do post Uma cadela saudável foi sacrificada para ser enterrada com sua dona

Para muitas pessoas, perder um bicho de estimação é como perder um ente querido. No Egito Antigo, caso alguém morresse, seus animais de estimação muitas vezes eram mortos para serem enterrados junto de seus donos. Aparentemente, tal costume parece ter encontrado uma versão contemporânea na Virgínia, nos Estados Unidos. Ao menos foi o que ocorreu com uma cadela saudável da raça Shih Tzu, chamada Emma, na cidade de Richmond, no estado norte americano.

Em testamento, a dona do animal pedia que ela fosse sacrificada e cremada quando morresse. As cinzas de ambas poderiam assim ficar juntas por toda eternidade. Apesar de protestos e tentativas para evitar que isso ocorresse, o último desejo de sua dona foi cumprido.

A morte de Emma

Depois que sua proprietária faleceu, Emma foi levada para um abrigo de animais no Condado de Chesterfield. A cadela ficou hospedada no lugar por duas semanas até que o encarregado de cumprir o que mandava o testamento chegasse para levá-la para realizar os desejos de sua dona falecida.

O abrigo de animais parece não ter ficado muito feliz ao saber que o animal saudável seria morto ao invés de adotado por outra pessoa. Durante sua estadia, colaboradores do abrigo chegaram a interferir em conversas com o executor do testamento para tentar persuadi-lo a não cumprir tal exigência.

"Nós sugerimos que existiam muitas opções para o animal, porque era um cão que poderia facilmente encontrar um novo lar para ele", disse o gerente da Chesterfield Animal Services à NBC 12. "Finalmente, eles voltaram em 22 de março e resgataram o cachorro".

A eutanásia de animais saudáveis é completamente legal no estado e o procedimento pode ser realizado por veterinários licenciados. Bem como por agentes de controle animal, técnicos certificados de eutanásia, entre outros profissionais, de acordo com a Associação Americana de Medicina Veterinária. Porém, é comum que veterinários relutem em aplicar o procedimento em animais saudáveis. No entanto, o executor do testamento foi irredutível em realizar o desejo de sua cliente.

Um grande choque

"Sempre que nos deparamos com uma situação de eutanásia, é uma situação muito emocional -  e apesar de tudo o que falamos - que precisamos fazer de forma ética, e a qual fizemos um juramento para fazê-la", disse Kenny Lucas, da Shady Grove Animal Clinic, ao explicar porque ele não faria tal procedimento. "É algo que levamos para casa também. Isso pesa sobre nós como profissionais".

Porém, devido a persistência, o executado acabou encontrando um veterinário que realizasse o desejo da dona de Emma. Assim, a cadela acabou sendo sacrificada. Logo depois, ela foi levada para um crematório especial que lida apenas com animais de estimação.

Apesar de tal acontecimento, na Virgínia, não é legal enterrar animais no mesmo túmulo ou cripta que humanos. No entanto, existem algumas exceções, como nos casos de cemitérios particulares e familiares, informou a NBC 12 em um relatório.

O ocorrido parece não ter sido muito bem recebido pelos internautas. Diversas mensagens no Twitter, entre outras redes sociais, mostravam toda a indignação das pessoas com a morte de Emma.

"Isso é absolutamente horrível. Este pobre cão poderia facilmente ter encontrado um novo lar amoroso e vivido o resto de seus anos. O fato de isso ser legal é chocante", disse Fay Schofield em um post no Twitter.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.


Próxima Matéria
avatar Jesus Galvão
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest