• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Uma chinesa comprou um cachorro e descobriu depois que era outro animal

POR Bruno Dias    EM Mundo Animal      08/01/19 às 17h58

Hoje em dia, compras online se tornaram uma realidade e os sites chineses são bastante populares por seus preços. Mas quem é acostumado a comprar neles sabe também que os produtos podem ser um pouco diferentes dos que são anunciados, seja por tamanho, cor ou outro quesito.

E essas surpresas não são exclusivas de compradores de fora. Mesmo morando no país, as surpresas nesses sites podem acontecer com os compradores. A chinesa Wang comprou o que ela achava ser um filhote de cachorro da raça Spitz japonês, por 140 euros, cerca de 683 reais. Contudo, ela teve uma surpresa. Três meses depois, o animal começou a rejeitar a comida de cachorro e então ela descobriu que o animal era na verdade uma raposa.

Nos três meses que ele ficou com sua dona, o "cachorro" nunca latiu e tinha pelos mais grossos e cauda mais longa do que o normal e foi assustando a dona. Em uma entrevista, Wang disse que comprou o animal em uma loja de animais.

Mudanças

"A pele ficou mais grossa quando ele completou três meses. O rosto do animal ficou pontudo e sua cauda mais comprida que a de um cachorro normal", disse. Antes da dona ter descoberto a verdade sobre o filhote, as pessoas que a viam no parque com o animal a alertavam que ele era na verdade uma raposa.

"Outros cachorros pareciam estar com medo do meu animal, então eu passei a usar uma coleira", explicou. Wang disse que dava para o cachorro frutas e peito de frango, já que o animal recusava a ração.

Quando um funcionário do zoológico olhou o animal, as suspeitas foram confirmadas. O especialista em prevenção de epidemias de animais no zoológico, Sun Letian, confirmou que o animal era uma raposa.

Próxima Matéria
Via   Extra  
Imagens Wgmd
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+