• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Veja como é possível acessar as mensagens apagadas do WhatsApp

POR Júlia Marreto    EM Ciência e Tecnologia      17/08/16 às 14h44

O WhatsApp é um dos aplicativos mais usados no mundo inteiro. Ele possui mais ou menos um bilhão de usuários, segundo relatos feitos pelo G1, em fevereiro deste ano. Como, praticamente, todo mundo já sabe, o aplicativo é utilizado para enviar e receber mensagens de texto, áudio e vídeo, além de documentos, entre outras tantas funções. Nós aqui da redação da Fatos Desconhecidos sempre chegamos com alguma novidade sobre o aplicativo, algumas bem recentes são: 7 funções no WhatsApp que podem tornar sua vida mais fácil Aprenda a usar 5 truques do WhatsApp no computador.

Por ser um aplicativo que usamos com muita frequência, é comum que muitas pessoas tenham o costume de apagar suas conversas, tanto por uma questão de privacidade, como vimos em Como apagar completamente as suas conversas do WhatsApp sem deixar rastros. O problema é que, às vezes, por conta dessa "mania" de deletar as mensagens, sem querer, uma outra vai embora. Na maioria dos casos, essas conversas possuem algum conteúdo importante, que você gostaria de manter guardado ou precisa para realizar alguma tarefa. E então, o que podemos fazer para recuperar essas mensagens?

Existem alguns métodos que você pode tentar sozinho, como fazer backup dos dados do aplicativo utilizando o Google Drive e/ou algum backup local, isso fará com que as mensagens sejam salvas todos os dias às 2h da manhã. Quando você faz o backup das conversas, facilita a restauração das mesmas, por exemplo, no caso de trocar de aparelho celular. Para isso, seu aparelho precisa estar sincronizado com o Google Drive; estar com o Google Play Services instalado; ter espaço suficiente na conta do Google Drive para armazenar todos os dados; e seu telefone ter espaço suficiente para criar o backup.

03

Para realizar o backup siga os seguintes passos: 1) Abra o WhatsApp. 2) Vá em menu > configurações > conversas > backup de conversas. 3) Selecione a opção Fazer backup para o Google Drive. 4) Selecione em qual conta do Google deseja salvar o histórico de mensagens. 5) Para finalizar, toque em Fazer backup em, certifique-se de estar conectado a uma rede WiFi, para que não ter o consumo de seus dados móveis elevado.

É importante saber que: o primeiro backup para o Google Drive pode demorar um pouco, por isso é aconselhável deixar o telefone conectado à energia. Você também pode mudar a frequência com que o aparelho realiza o backup, acessando meu > configurações > conversas > backup de conversas. Além do que, toda vez que um novo backup for realizado, o anterior será substituído.

Agora, se suas mensagens foram "completamente" excluídas, você não possui backup de nenhuma delas e precisa recuperá-las, é possível. Caso você tenha apagado de propósito, saiba que sim, é possível recuperá-las.  Mas não é tão simples assim.

Pelo menos é o que um especialista em segurança russo afirmou. De acordo com ele, as mensagens apagadas do aplicativo não são completamente deletadas do aparelho, sendo assim, o uso de técnicas forenses avançadas, permitem a recuperação das mesmas. O processo de recuperação das mensagens se dá através da criação de uma cópia bit por bit, transferindo-a para outro aparelho.

Dessa forma, um software será capaz de reestruturar os dados, tornando-os legíveis novamente. Para que uma mensagem seja apagada por completo, é preciso ser sobrescrita várias vezes, enquanto isso não acontece, os resquícios das informações estarão disponíveis para recuperação. Não apenas para mensagens no WhatsApp mas, para praticamente, todos os dados que estão gravados no aparelho.

02

Quando as mensagens são apagadas elas estão passíveis de serem recuperadas mas, para isso, precisam ser decifradas. A segunda etapa do processo constitui na recuperação das chaves de criptografia. Então ela é instalada no aparelho que está com a cópia das mensagens criptografadas, o software citado acima, a partir daí, será capaz de traduzir as mensagens.

Essa é uma tarefa um tanto quanto complexa para pessoas leigas no assunto. Para alguns pode ser complicado saber, enquanto para outros pode ser um alívio, que para a realização de todo esse processo é preciso ter acesso físico ao aparelho e ferramentas que não estão disponíveis para todo mundo. Esse software em questão é de uso exclusivo de autoridades policiais e jurídicas, que o utiliza na tentativa de obter informações de vítimas e/ou suspeitos numa investigação.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Encontraram algum erro? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Próxima Matéria
Via   Whats App     Phd Virtual     UOL     Olhar Digital  
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+