• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Veja drone da National Geographic voar a quase 9 quilômetros de altitude no Everest pela primeira vez

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      30/06/20 às 16h48

Entre o Tibet e o Nepal, existe o Monte Everest, o mais alto do mundo. Ele tem, nada mais, nada menos, do que 8.844 metros de altitude. E pouco mais de 29 mil pés acima do nível do mar. A altura do monte varia de acordo com a fonte. Por exemplo, há quem diga que a altura da montanha é de 8.844 metros. Mas com a neve, ela sobe para 8.848 metros.

Entretanto, a altura também pode variar, dependendo de que lado da fronteira. Os chineses dizem que o pico está a 8.844 metros, enquanto o povo do Nepal diz 8.848 metros. A China argumenta que a montanha deve ser medida pela altura das rochas, excluindo os metros de neve no topo. De qualquer forma, a altura do monte impressiona qualquer um.

O Monte foi escalado pela primeira vez em 1953, pelo Sir Edmund Hillary e Tenzing Norgay.

Todos os anos, centenas de aventureiros, turistas e profissionais experientes tentam chegar ao topo da montanha mais alta do mundo. Mas chegar ao seu topo, está longe de ser uma missão simples. Muitos até tentam, mas são poucos os que conseguiram tal feito.

Mais de 4800 pessoas já escalaram o Monte Everest desde a primeira tentativa de subir ao topo do pico mais alto da Terra. E quase 300 pessoas já morreram. Aproximadamente, dois terços dos corpos ainda estão enterrados sobre a neve e o gelo.

Enfrentar  as vastas extensões de neve, rocha e gelo enquanto o ar fica mais refeito, não é para todo mundo. Entre as várias expedições ao topo do Monte, muitas pessoas não voltam com tudo o que levaram, isso quando elas conseguem voltar.

Monte

Esse palco de desastres terríveis e maravilhosos triunfos de diversos alpinistas está sempre permeando a cabeça de todos. E a National Geographic quase entrou para a lista dos campeões. O drone dela conseguiu voar a 8.625 metros de altitude. Isso com o topo do monte estando a 8.840 metros.

O canal estava na região para filmar o seu documentário novo chamado "Lost on Everest", que traduzido é "Perdido no Everest". A equipe do documentário é liderada pelo alpinista Mark Synnott e pelo montanhista Renan Ozturk.

Eles seguiram a mesma trilha que foif eita em 1924 na expedição feita por George Leigh Mallory e Andrew "Sandy" Irvine. Os dois desapareceram e apenas os restos de Mallory foram encontrados vários anos depois, em 1999. E o documentário está a procura do corpo de Irvine.

Drone

Até hoje não se sabe se a dupla conseguiu alcançar o topo antes de morrerem. Se eles o fizeram, os dois seriam os primeiros a conseguir esse feito. Muito antes de Edmund Hillary e Tenzing Norgay, em 1953.

A dupla de 1924 não foi a única a morrer na tentativa de conquistar o Everest. De acordo com a Agence France-Presse, uma média de cinco montanhistas morrem todo ano passagens geladas, estreitas e com pouco oxigênio do pico do monte.

Ano passado, até maio 11 pessoas já tinham morrido no Everest tentando chegar ao seu topo. Por isso, ao invés de arriscar a equipe a National Geographic mandou um drone para "escalar" o monte.

Além da segurança das pessoas, a tecnologia ajudou a capturar imagens deslumbrantes. E essas imagens são possíveis de serem vistas no vídeo de um clipe do documentário.

Próxima Matéria
Via   Cnet  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+