• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Veja papagaios se ajudando para comprar comida

POR Erik Ely    EM Ciência e Tecnologia      17/01/20 às 16h56

Com um experimento recente, os papagaio-cinzentos podem ter sido a primeira espécie de pássaro, que entenderam quando um animal precisa de ajuda. Depois disso, além de reconhecer a necessidade, eles ajudaram o próximo. No estudo, é possível ver papagaios se ajudando, para comprar comida.

Com os resultados, a raça de papagaio pode ficar em pé de igualdade com orangotangos e chimpanzés-pigmeus. Para se ter uma ideia, gorilas e outros primatas não passaram nesse teste. Mas esse resultado só ocorreu após um árduo processo de evolução. Confira o vídeo de papagaios-cinzentos se ajudando.

Papagaios exibem comportamento altruísta

Segundo um estudo, publicado na revista Current Biology, os papagaios-cinzentos podem ajudar uns aos outros sem necessitar ter nada em troca. Conforme mostrado na série de experimentos, os papagaios demonstraram um estágio avançado de inteligência social. Assim, sendo muito raro em outras espécies de animais.

Em um compartilhamento de laboratório com paredes de vidro, um papagaio-cinzento lidava com uma pilha de arruelas de metal. Por meio de uma passagem, ele poderia entregar as arruelas para outro papagaio. Em seguida, um humano esperava nas proximidades com a mão estendida. Depois disso, caso as arruelas fossem entregues ao humano, ele receberia deliciosas nozes. Contudo, o primeiro papagaio não poderia receber as nozes diretamente do humano. Por isso, eles precisavam, de fato, se ajudar.

Em teoria, pelo menos um dos papagaios "compraria" algumas nozes com a arruela. No entanto, "eles estavam intrinsecamente motivados a ajudar o outro", disse Désirée Brucks, bióloga cognitiva do Instituto de Ornitologia Max Planck, na Alemanha. Primeiro, os papagaios foram treinados para trocarem as fichas por guloseimas. No entanto, dificultar a tarefa para que somente um dos papagaios pudesse comprar a comida, deixou as coisas mais difíceis. Desde o primeiro teste, os pássaros completaram a tarefa sem esperar nada em troca. De fato, esses são os primeiros não-mamíferos, que ajudaram outros animais, e puderam desenvolver a capacidade de agir desinteressadamente.

Pássaros mais inteligentes que os gorilas

Antes mesmo dos estudos, os papagaios já eram conhecidos por serem extremamente inteligentes. Em outro experimento, Irene Pepperberg, psicóloga animal, ensinou o famoso papagaio-cinzento, Alex, a usar mais cem palavras. Além de conseguir identificar formas e cores. No entanto, existem outras maneiras de ser inteligente. De acordo com Brucks, ela queria testar as habilidades dos animais de se relacionar uns com os outros.

No experimento, Brucks e o coautor do trabalho, Auguste von Bayern, tentaram seu experimento em oito papagaios-cinzentos. Eles também descobriram que os animais ajudaram seus próximos, antes mesmo do experimento. Com isso, é possível comparar os pássaros aos humanos, que são mais propensos a ajudar seus amigos. Contudo, o papagaios surpreenderam ao ajudar os que não eram tão próximos. Por exemplo, no mesmo experimento com Maracanãs-de-cabeça-azul, elas se provaram agir apenas de maneira egoísta.

Por fim, os pesquisadores ainda não sabem dizer o porquê de papagaios-cinzentos ajudarem uns aos outros. "Em humanos, sabe-se que ajudamos os outros porque simpatizamos uns com os outros", disse Brucks. Contudo, nos animais, não é possível saber se eles se sentem da mesma maneira, ou ainda, se esperam algo de volta.

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+