icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Veja um barco com uma rede gigante pegando peça de foguete caindo do céu

POR Bruno Dias EM Curiosidades 21/08/20 às 15h58

capa do post Veja um barco com uma rede gigante pegando peça de foguete caindo do céu

SpaceX mudou o que todos nós pensávamos sobre viagens espaciais. Desde a sua fundação, em 2002, muitos experimentos, invenções espaciais, remodelagem e aterrissagens de testes rumo à Marte já aconteceram. A cada novo experimento a evolução é notavelmente vista. A empresa começou no período em que Elon Musk deu os primeiros passos em sua grande ambição de realizar missões em Marte. Mais de 15 anos depois, a SpaceX está muito além da fase de startups espaciais.

A evolução foi tanta que a empresa fez um lançamento histórico sendo o primeiro voo tripulado, partindo de solo americano depois de nove anos. E Musk não quer para por aí. Ele quer fazer dos humanos uma espécie interplanetária.

Entre missões bem sucedidas e lançamentos de protótipos de naves várias são as empreitadas de sucesso da empresa. Mas se as coisas são lançadas para o espaço alguma hora elas tem que voltar para Terra.

Captura

E a SpaceX capturou uma carenagem dos seus foguetes que estava caindo do céu. E claro que isso foi capturado em vídeo. O barco chamado GO Ms. Tree tem uma rede de captura que conseguiu pegar metade de uma carenagem de carga enquanto ela caía do céu com um para-quedas.

Isso aconteceu no começo dessa semana alguns momentos depois do foguete Falcon 9 disparar mais de 58 satélites de internet Starlink. E mais três sondas espaciais de observação da Terra em órbita.

As carenagens de carga são as capas que protegem os satélites no lançamento espacial que é bastante violento. Elas são feitas de duas peças que se separam no espaço. Depois disso elas caem de novo na Terra com um para-quedas e são manobradas por propulsores pequenos.

Esse procedimento vale à pena ser feito, até porque cada  carenagem custa cerca de seis milhões de dólares, o que dá aproximadamente 34 milhões de reais.

Redução de custo

Para capturar de novo essas partes da carenagem, são usados dois barcos, o GO Ms. Tree e o GO Ms. Chief. Se elas caírem no mar é possível recuperá-las, mas o sal é corrosivo. E quando isso acontece, o procedimento de recuperação é mais perigoso para quem está fazendo ele.

Somente uma das metades pode ser recuperada direto do ar nesse lançamento. A outra acabou tendo que ser recuperada da água. Fazendo essas recuperações, a SpaceX diminui muito seus custos de lançamento espacial. Exatamente porque consegue reaproveitar muitos dos equipamentos que antes eram descartados por outras agências espaciais.

Para se ter uma ideia, essa foi a sexta vez que o foguete Falcon 9 desse lançamento foi usado. E ele pousou sem nenhum dano e poderá ser usado de novo.

Satélites

Os satélites Starlink são a infraestrutura da nova internet da SpaceX. Elas são as fileiras de luzes que é possível ser vista nos dias em que o céu está limpo. Já foram lançados 600 desses satélites. E o plano é que vários outros lançamentos sejam feitos no futuro.

A empresa pode lançar 12 mil deles de acordo com a autorização que tem. Mas ela entrou com um pedido para que esse número aumente para 30 mil.


Próxima Matéria
Via   Live science  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest