• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Velhinha de 88 anos impede um estupro ao dizer uma única frase

POR Ultra Curioso    EM Entretenimento      10/03/17 às 16h44

O estupro é um dos crimes mais repulsivos que existem no mundo, e com certeza é também um dos menos condenados. São muitos o casos de estupro que não recebem a devida atenção ou punição. Colocam a culpa na vítima, na maioria dos casos, e assim essa violenta forma de agressão e violação fica "oculta", "esquecida" e não-problematizada.

Porém, felizmente há alguns casos em que as vítimas conseguem se livrar desse crime, impedindo que ele ocorra. É o caso de uma corajosa velhinha de 88 anos, que impediu que um agressor a violasse ao dizer apenas uma frase.

Helen Reynolds mora em Parkesburg, na Pensilvânia, Estados Unidos. Na semana passada, um intruso invadiu a casa dela, e ameaçou estuprá-la. Porém, ela conseguiu se livrar!

O homem foi até a casa de Helen, apresentando-se como um trabalhador do complexo de apartamentos. Assim que ele entrou, utilizou uma fita adesiva potente para amarrar Helen.

"Ele me envolveu toda, meu rosto e meu nariz e meus óculos. Ele tinha colocado um pedaço de fita na minha boca ", disse Helen. Depois de mexer na bolsa da velhinha e tirar US$ 40, o homem se preparou para atacá-la sexualmente.

Helen tentou combatê-lo e chutá-lo em seus genitais, porém, foi em vão. Quando isso não funcionou ela recorreu a outra coisa.

"Eu disse a ele 'bem, se é assim, você tem que saber a verdade. Eu tenho HIV e meu marido morreu disso".

Era uma mentira. Helen inventou a história de última hora, para tentar amendrontar o molestador. E funcionou.

"Quando eu disse aquilo, ele simplesmente saiu correndo da casa. Esse é o comentário que salvou minha vida".

Em entrevista, auando perguntaram a Helen se ela tinha alguma coisa a dizer sobre o atacante, ela apenasrespondeu: "Não tenho nada de bom a dizer sobre ele. Nada mesmo. Coloque-o na prisão, e deixe o otário lá".

Até agora, ninguém foi preso suspeito de ter alguma conexão com o ataque a Helen. No entanto, as autoridades prenderam um homem que invadiu uma outra casa, em circunstâncias semelhantes ao caso da corajosa senhorinha.

Estupro

Estupro (também identificado como "coito forçado" ou "violação sexual") é a prática não-consensual do sexo, infringido por meio de violência ou grave ameaça de qualquer natureza, e por ambos os sexos.

É qualquer forma de prática sexual sem consentimento de uma das partes, envolvendo ou não penetração.

Mesmo que o estupro faça vítimas em ambos os sexos, as mulheres são as vítimas mais atingidas.

A palavra "Estupro" vem do latim "stupru", que qer dizer "Violação".

No Brasil, apesar de ser classificado como crime hediondo, o estupro é um crime com alto número de ocorrências. Isso ocorre porque, no Brasil, o estupro recebe um conceito mais amplo. Ele passa a consistir em: "constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso".

Em 2015, o Brasil registrou uma média de 5 estupros a cada hora. Essas informações são do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Naquele ano, foram registrados mais de 45 MIL casos de estupro, sendo 24% deles nas capitais e no Distrito Federal. Desde então, não houve redução do número de estupros no Brasil.

E então, leitor(a), o que achou dessa história? O que teria feito no lugar de Helen? Qual acha de deve ser a punição para esse tipo de crime? Deixa pra gente nos comments (:

Próxima Matéria
Via   Life Daily  
Imagens Life Daily
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+