• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A verdadeira história da Suíte B 52-54-56 do Titanic

POR Mateus Graff    EM História      28/06/17 às 15h13

O naufrágio do Titanic continua e sempre continuará a povoar o nosso imaginário coletivo por gerações. Bom, a gente já fez algumas matérias sobre o Titanic, como a explicação pela qual os restos do Titanic está desaparecendo e a mulher que sobreviveu à 3 naufrágios, inclusive ao Titanic. Mas hoje, caros amigos, vamos falar da tão famosa Suíte B 52-54-56.

No filme, nós podemos ver uma reprodução da suíte, onde Rose e Cal estavam, mas a verdade é que eles não eram as pessoas que tinham a reserva do lugar. Tal lugar era um dos lugares mais luxuosos do navio, era composto por uma sala comum, dois quartos luxuosos, dois camarins, um banheiro de um deck de passeio privado. No salão podíamos ver a famosa chaminé que podia ser fotografada entre os autênticos restos do Titanic que vemos no filme.

Mas a história dessa suíte de luxo é curiosa porque ela foi reservada tres vezes, e as três vezes foi cancelada. O primeiro a reservar o quarto para a viagem inaugural foi Henry Clay Frick, um homem muito rico dono de uma indústria de aço. Ele tinha reservado o lugar para viajar com sua esposa, mas geve um acidente, acabou machucando o tornozelo e teve de cancelar a reserva. Bom, para a felicidade de Henry Clay Frick e sua mulher, um machucado no tornozelo salvou as suas vidas.

Depois de cancelado, a suíte foi reservada para JP Morgan, um dos homens mais ricos no mundo em 1912. Por estar se relacionando com uma mulher, ele decidiu estender sua visita na Europa e cancelou a reserva do quarto. A terceira reserva foi feita para J. Horace Harding, um famosos banqueiro que estava viajando com sua esposa. Eles estavam com pressa para chegar aos EUA e conseguiram passagens em outro transatlântico, e sendo assim, a suíte estava vaga mais uma vez.

Finalmente os quartos foram ocupados pelo presidente da White Star Line, Bruce Ismay J., que usou os quartos simplesmente para estar presente na primeira (e última) viagem do Titanic. No dia 15 de abril de 1912, O Sr. Ismay salvou sua vida de uma maneira um tanto covarde, abordando um bote com crianças e mulheres a bordo. Segundo o Sr. Ismay, ele ajudou a enviar todos que podia e que não havia mais crianças nem mulheres no navio, e ele tomou o lugar de um oficial, o que o atormentou pelo resto da vida. Tanto seu "servo" quanto seu secretário pessoal morreram no naufrágio.

E aí, já conheciam essa história? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+