• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Vídeo chocante mostra o primeiro campo de concentração nazista encontrado após a guerra

POR Mateus Graff    EM História      18/12/18 às 11h54

Atenção, essa matéria contém imagens fortes e reais! A Segunda Guerra Mundial foi um conflito militar global que durou de 1939 a 1945. Envolvendo a maioria das nações do mundo, incluindo todas as grandes potências, elas eram organizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados e o Eixo. A guerra ficou marcada pelas atrocidades cometidas pelos nazistas, que faziam parte do Eixo.

Uma dessas atrocidades eram os campos de concentração feitos pela Alemanha nazista. Muitos desses campos de concentração foram feitos para ter domínio de grupos étnicos, dissidentes políticos e das diversas minorias indesejáveis ao Estado. O primeiro deles foi Dachau, fundado em 1933, o qual nós vamos contar um pouco da história e mostrar um vídeo assustador sobre como era esse campo de concentração.

O campo de concentração de Dachau

Foi no dia 29 de abril de 1945, que a liberdade chegou para muitas vítimas do Holocausto, que estavam presas no campo de concentração de Dachau, ao sul da Alemanha. Foi nesse mesmo dia, que as tropas dos Aliados, especificamente dos Estados Unidos, libertaram as vítimas do primeiro e mais antigo campo de concentração do regime nazista.

Como nessa época os Aliados estavam pressionando os alemães, muitos prisioneiros foram transferidos para Dachau, que ficava mais perto das linhas de frente. Ao libertar o campo, cerca de 67 mil pessoas foram registradas no campo central de Dachau e em vários subcampos da região.

No campo principal, estima-se que 32 mil pessoas foram libertadas. Tudo isso aconteceu graças a 42ª e a 45ª Divisões de Infantaria da 20ª Divisão Blindada do Exército dos EUA, que tomaram o controle de Dachau.

Claro que ainda havia muito trabalho, já que restavam outras pessoas para libertar. O que os soldados americanos viram foi algo realmente assustador. James A. Rose, de uma das divisões de infantaria, descreveu as pessoas nos campos como "esqueletos com pele esticada sobre eles". Segundo relatos, os prisioneiros estavam sujos, cheirando mal, e que dava para perceber o que era a guerra no olhar de cada um deles.

Dachau teve muito tempo para infligir os horrores em seus prisioneiros pelo fato de ter sido o primeiro campo de concentração nazista para prisioneiros políticos na Alemanha.

Liberdade aos prisioneiros

Depois de libertar Dachau, os soldados americanos encontraram cerca de 39 vagões ferroviários perto do campo, a maioria deles lotado de cadáveres. Enfurecidos com a situação que se depararam, os soldados gritavam: "Vamos pegar esses cães nazistas".

"Eu tinha vontade de pedir desculpas ao nosso cachorro por pertencer à raça humana. Quanto mais adentrávamos o campo de concentração e víamos os esqueletos revestidos de pele e as instalações características do campo de extermínio, tanto mais eu me sentia inferior ao cachorro, porque, como pessoa, eu pertencia à raça responsável por Dachau", declarou Eli Bohnen, um rabino militar norte americano que relatou suas memórias.

O que os soldados americanos encontraram naquele dia? A gente mostra para vocês. Mas precisamos deixar o alerta de que essas são IMAGENS MUITO FORTES E REAIS. Confira o vídeo abaixo e veja com seus próprios olhos um pouco das atrocidades cometidas pelos nazistas:

Esperamos que nossa matéria tenha mostrado para vocês a realidade dos horrores feitos pelos nazistas e que nunca mais o nosso mundo passe por uma situação como essa.

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+