• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Vídeo emocionante mostra como os moradores de Wuhan em quarentena estão se apoiando

POR Erik Ely    EM Curiosidades      06/02/20 às 09h15

Atualmente, nem tudo é desespero para estes moradores da cidade de Wulan, a cidade chinesa, de 11 milhões de habitantes, que é o epicentro da epidemia do coronavírus. Dessa forma, recentemente, um vídeo emocionante mostra como os moradores de Wuhan em quarentena estão se apoiando.

Por meio de vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver moradores cantando e gritando palavras de incentivo de suas janelas. Com isso, podemos perceber um esforço para levantar os ânimos da cidade, que foi fechada para conter a expansão da doença.

Um pouco de esperança para Wuhan

Recentemente, a cidade chinesa de Wuhan, que se tornou epicentro do surto mortal do coronavírus, está em quarentena e seus 11 milhões de habitantes estão confinados em suas casas. Portanto, a cidade, que era movimentada, agora, se assemelha a uma cidade fantasma. Mas tudo isso mudou, por um breve momento, quando os moradores começaram a gritar "Wuhan, jiayou", em suas sacadas. Depois disso, eles começaram a cantar canções patrióticas em um verdadeiro show de solidariedade. Em seguida, separamos o vídeo, que pode ser assistido aqui.

Podemos traduzir "Wuhan, jiayou" como, literalmente, "Wuhan reabasteça". Mas de toda forma, sua tradução mais aceita significa "Wuhan fique forte, você consegue", uma frase que é frequentemente usada, como incentivo entre os chineses. Com isso, as imagens do notável show da comunidade e de sua solidariedade foram divulgadas nas mídias sociais. Nas imagens, pessoas de todo o mundo estão se unindo à chamada. Tudo isso, para que os moradores da cidade prevaleçam fortes, diante das adversidades.

De acordo com relatos no Weibo, o "Twitter chinês", os moradores não apenas compartilham as inspiradoras mensagens verbais. Mas também puderam cantar o hino nacional chinês. E também, cantaram algumas canções patrióticas nas sacadas de seus apartamentos. Dessa forma, mesmo estando presos em suas residências, eles puderam se comunicar, por meios das janelas de seus apartamentos. Nesse momento, parece que as ruas estiveram menos desoladas, do que o de costume.

Uma cidade isolada do resto do mundo

Por conta do vírus, a cidade ficou em quarentena durante a mais movimentada temporada de viagens da China, o ano novo lunar. Por isso, devido às restrições de viagens, os moradores estão compartilhando posts, em mídias sociais, sobre como lidar com o tédio interno. Além disso, os moradores também postam vídeos de como se distrair. Para isso, eles estão recebendo vídeos que ensinam a dançar, pescar e também, a transformar uma mesa de jantar em uma mesa de tênis improvisada.

Por enquanto, milhões de habitantes da China estão confinados dentro de suas casas, em cidades cercadas. Enquanto isso, autoridades lutam contra a epidemia do coronavírus, que já matou quase 500 pessoas. Com 490 vítimas fatais, o vírus também acumula 24.000 casos de contaminação na China. Por isso, medidas tão extremas de confinamento foram tomadas. Além disso, medidas de prevenção e contenção estão aumentando em todo o mundo.

Recentemente, o Brasil disse que enviará dois aviões para repatriar, pelo menos, 29 cidadãos ou seus cônjuges confinados em Wuhan. Uma vez que diversas empresas aéreas estão cancelando voos para cidades chinesas, uma vez que medidas como essa, se tornam cada vez mais importantes.

Próxima Matéria
Via   MDig     ISTOÉ Independente     BBC  
Imagens UOL BBC
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+