Você conhece a espécie de Árvore 'Imortal'?

POR Cristyele Oliveira    EM Natureza      20/01/20 às 17h57
foto de destaque

Quando você pensar que uma pessoa que ultrapassa os cem anos de idade é velha, lembre-se dessa árvore. Não é como se ela fosse realmente imortal, porque, até onde, sabemos, nada e nem ninguém é. Porém, a espécie de árvore ginkgo biloba chega bem perto disso. As árvores dessa espécie podem viver mais de mil anos. Elas são naturalmente feitas para ter uma incrível longevidade milenar.

Um estudo recente procurou entender o que está por trás dessa longevidade mágica dessa árvore. E descobriu exatamente o que faz com que a ginkgo biloba seja quase imortal. A pesquisa, uma das mais completas já feitas até hoje sobre o envelhecimento das plantas, mostra a primeira evidência genética, que pode explicar a elevada expectativa da ginkgo biloba.

Não é toda espécie de árvore que tem a mesma sorte. A maioria das plantas são muito mais sensíveis a situações adversas, como as mudanças climáticas por exemplo. Mas ao mesmo tempo em que a ginkgo biloba é uma das espécies capazes de viver por mais tempo, ela também corre o risco de ser extinta para sempre. Isso graças aos desmatamentos, feitos pelo homem.

A árvore imortal

Os pesquisadores se concentraram na análise genética de árvores de ginkgo biloba com idades entre 15 e 667 anos, distribuídas nos Estados Unidos e na China. Exames feitos na casca, sementes e folhas dessas árvores mostraram que o seu crescimento não diminui nunca, mesmo depois de centenas de anos. Na verdade, o que a pesquisa mostrou é que em alguns casos, esse crescimento faz é acelerar. E ao mesmo tempo, o tamanho das folhas, a capacidade de fotossíntese e a qualidade das sementes sequer são afetados pela idade.

Essa espécie é nativa da China, e é uma das últimas remanescentes de uma família de árvores antigas que já existiam na última era dos dinossauros. Essa árvore também pode ser conhecida como nogueira-do-japão ou árvore-avenca. E de fato, a ginkgo biloba pode viver por vários séculos e até milênios. Mas mesmo assim, ela corre o risco de desaparecer da Terra para sempre.

E mesmo que ela esteja sumindo silenciosamente na natureza, ainda podem ser encontradas representantes da ginkgo biloba em parques e jardins do mundo inteiro. Não é difícil identificar uma ginkgo biloba, isso porque essas árvores se destacam pelas vistosas folhas amarelas durante o outono.

Segredo da longevidade

O estudo descobriu o segredo da árvore para uma vida longa e saudável. Acontece que essas árvores produzem substâncias químicas que as protegem contra várias coisas. Tais como fatores de estresse, doenças e até secas. A análise genética dessa planta mostrou que ela produz seus próprios antioxidantes, antimicrobianos e hormônios protetores. Ou seja, ela é autossuficiente.

Além do mais, os pesquisadores descobriram que os genes relacionados à idade não são ativados quando a planta atinge determinada idade. Diferentemente do que acontece com várias outras espécies, como ervas ou plantas anuais. Sendo assim, mesmo que a árvore seja devastada por raios ou geadas, todos os seus processos necessários para continuar crescendo continuam funcionando normalmente.

"À medida que envelhece, o ginkgo biloba não mostra sinais de enfraquecimento da sua capacidade de se defender do estresse", disse Richard Dixon, biólogo e coautor do estudo.

De acordo com os pesquisadores, esse tipo de estudo pode ser muito útil para criar melhores programas de reflorestamento. Além de entender quais árvores podem trazer mais benefícios aos ecossistemas ao longo do tempo.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   G1  
Imagens G1
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+