• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Você é muito mau humorado? Isso pode ser uma doença séria

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      24/08/15 às 13h45

Você é o tipo de pessoa que fica mau humorada frequentemente? Fica bastante irritado e se preocupa excessivamente mesmo quando as coisas parecem estar indo bem? Não tem mais interesse em quase nada, mesmo nas coisas que gostava de fazer?

É melhor ficar de olho, você pode sofrer de uma pertubação psiquiátrica grave, bastante comum entre os brasileiros: a distimia. Ela é uma espécie de mau humor crônico e pode acabar interferindo na vida da pessoa e de quem convive com ela, seja em casa ou no trabalho.

O grande problema é que a distimia é difícil de ser diagnosticada, porque muitas vezes é confundida com um mau humor comum. Por isso, caso você perceba que a sua irritação está além da conta, é melhor ficar de olho.

De acordo com os especialistas, a diferença entre a doença e o mau humor está no fato de que os distímicos não são apenas mau humorados, eles também sentem tristeza, são pessimistas e tem uma baixa auto-estima.

Além disso, quem sofre de distimia deixa de ter prazer em fazer as coisas que gostava antes. A doença pode aparecer na adolescência ou quando o paciente já é um adulto.

O mais preocupante é que ela pode durar a vida toda se não for tratada, por isso, muitas vezes a condição é confundida com um traço da personalidade.

Não se engane, a distimia é um problema sério que pode causar isolamento social e pode fazer com que a pessoa tenha depressão.

Mais comum do que parece

mau hum

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 3% da população pode ser atingida pela doença. As mulheres têm duas vezes mais chances de desenvolver distimia do que os homens.

O tratamento dura cerca de dois anos e, caso a doença não seja identificada e não haja intervenção médica, as chances do quadro desencadear depressão é de mais de 70%.

É como se a distimia fosse um subtipo de depressão, que não chega a fazer com que a pessoa se isole, e deixe de fazer suas atividades cotidianas.

O distímico consegue trabalhar, ir a compromissos sociais e praticar esportes, mas a vontade de fazer essas atividades, além do prazer e satisfação em fazer essas atividades é comprometido.

Como saber se eu tenho distimia?

hm

Para diagnosticar a distimia, além do mau humor associado a uma tristeza prolongada, a pessoa precisa apresentar pelo menos dois destes sintomas:

Oscilações do humor (irritado ou deprimido);
Dificuldade em aproveitar o lado bom da vida;
Dificuldade de concentrar-se ou tomar decisões;
Insônia ou sonolência: acordar várias vezes à noite e sentir-se cansado pela manhã;
Dificuldade de concentração e de memória, mesmo para atividades lúdicas (ex: assistir um filme);
Somatizações (ex.: dores de cabeça, fadiga crônica);
Desesperança;
Aumento ou diminuição do apetite;
Sentimentos de incapacidade e menos valia;
Em crianças: irritabilidade e manhas;
Em adolescentes: isolamento, rebeldia, abuso de drogas e irritabilidade.

O tratamento é realizado com medicamentos e também terapia, não é possível tratar o paciente que sofre desse transtorno com apenas uma dessas coisas. Se você se identificou com os sintomas, o melhor a fazer é procurar ajuda e manda o mau humor crônico pra bem longe.

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+