• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Você foi enganado! Gatos são horríveis caçando ratos

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      02/09/19 às 17h25

Os gatos podem ter muitas características marcantes. Mas uma que sempre é lembrada, é que eles são ótimos caçadores de ratos. É como se isso fosse parte do instinto felino. Mas será mesmo? Tom e Jerry está aí para nos provar que não necessariamente. E pesquisas recentes sugerem que isso pode ser apenas uma suposição popular e não exatamente que os gatos são caçadores natos de roedores.

Essa ideia de que os gatos são propensos a capturar roedores é antiga, e de fato, no passado, houve mesmo isso. Isso é uma parte importante da história de como esses felinos passaram a viver entre os seres humanos. Reza a lenda que os gatos selvagens podem ter sido atraídos para as primeiras comunidades agrícolas, onde o armazenamento de grãos atraiu muitas pragas, inclusive, os roedores. Acredita-se que os agricultores gostaram das habilidades de caça aos roedores dos felinos e podem ter começado a domesticá-los.

E isso continuou até os dias de hoje, que os gatos ainda são conhecidos como caçadores de roedores. Muitas pessoas adotam esses felinos em troca de uma prestação de serviço muito necessária. Em síntese, o que no caso, consiste em eliminar as pragas da sua casa. Mas, na prática, esses felinos não parecem ser tão bons caçadores quanto a sua fama afirma.

O estudo

Pesquisadores da Fordham University, no Bronx, em Nova York, tiveram a oportunidade perfeita de estudar o comportamento dos gatos em relação aos roedores. Eles estavam observando uma colônia de mais de 100 ratos que viviam próximos a um centro de reciclagem de resíduos em Nova York. Até que um grupo de gatos selvagens se mudaram para o local. Então, a equipe de cientistas microchiparam os gatos e usaram câmeras para monitorar o comportamento dos felinos em relação aos ratos.

"Queríamos saber se o número de gatos presentes influenciaria o número de ratos observados e vice-versa", Michael H. Parsons, pesquisador da Fordham University. E para descobrir isso, a equipe precisou analisar mais de 300 vídeos gravados, durante um período de 79 dias.

Eles constataram que, diariamente, até três gatos rondavam a colônia dos ratos, porém, sem muitas interações reais. Durante todo esse tempo, eles registraram apenas 20 eventos de perseguição, três tentativas de matar, e duas mortes reais.

Ou seja, a presença dos gatos não contribuiu consideravelmente para a diminuição da população de ratos. Porém, mudou o comportamento dos roedores, que passavam menos tempo ao ar livre e mais tempo se escondendo dos gatos.

"Como qualquer presa, os ratos superestimam os riscos da predação. Na presença de gatos, eles ajustam seu comportamento para se tornarem menos aparentes. E assim passar mais tempo em tocas", explica Parsons. "As pessoas veem menos ratos e assumem que é porque os gatos os mataram. Mas, na verdade, isso ocorre porque os ratos mudam de comportamento".

Gatos e ratos

Mesmo, quando se fala em gatos selvagens, os ratos podem ser presas grandes, os fazendo optar por animais menores, ou até roedores menores. Os resultados do estudo mostraram que, se os gatos estiverem bem alimentandos, eles podem viver pacificamente com os ratos, o que contradiz um pouco o conhecimento popular. Ou seja, colocar vários gatos em ambientes urbanos, com o intuito de acabar com os ratos, só funcionaria mesmo se os gatos estivessem com fome.

"As empresas que empregam gatos como soluções de controle de pragas podem intencionalmente evitar alimentá-los, a fim de levá-los a caçar", afirmam os autores do estudo. Eles ainda pontuam preocupações a respeito do bem-estar dos gatos. "Evidências mais conclusivas são necessárias antes que os gatos possam ser justificados como instrumentos de controle para ratos".

E você, acha que os gatos são bons caçadores de ratos? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+