• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Você já ouviu falar da ''Mão da Glória'' e seus poderes mágicos?

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      02/12/19 às 13h54

De acordo com o Bladen Journal, uma mão mumificada foi encontrada em Castleton, em North Yorkshire, na Inglaterra, e provavelmente é a última "Mão da Glória" existente. Esse artefato, um tanto quanto bizarro, era muito usado por ladrões na antiguidade. Isso porque havia uma crença de que o objeto facilitava o trabalho de invasão à casas e castelos, durante a noite. Os mais crentes acreditavam fielmente que esta mão mumificada tinha o poder de facilitar a entrada de bandidos, em qualquer lugar. Se isso era verdade, não tem como saber. Mas, por mais de 200 anos, as "Mãos da Glória" foram o artefato favorito dos ladrões e também dos contadores de histórias.

Essa última mão mumificada, que os jornais afirmam ser a última Mão da Glória, foi descoberta, em 1932. Ela estava dentro de uma parede em uma casa de palha, em Castleton. Quem encontrou o artefato escondido foi o pedreiro e historiador, Joseph Ford. Dada a importância histórica da ferramenta, ela foi doada para o Museu Whitby.

Mão da Glória

Dado os seus inúmeros poderes sobrenaturais, não era qualquer mão solta que poderia ser uma Mão da Glória. Na verdade, confeccionar uma dessas, era uma tarefa bastante complexa. Todo o processo foi detalhado por Sabine Baring-Gould, no livro Mitos curiosos da Idade Média:

"A mão da glória é a mão de um homem que foi enforcado, e ela é preparada da seguinte maneira. Enrole a mão em um pedaço de mortalha, apertando bem, de modo a espremer o pouco de sangue que podem permanecer. Em seguida, coloque-a em um recipiente de barro com salitre, sal e pimenta, que precisa ser escolhida cuidadosamente e macerada até virar pó. Deixe a mão do morto permanecer 15 dias nessa solução até que ela esteja bem seca, e em seguida, exponha a mão ao sol nos dias de sol mais forte, até que esteja completamente ressecada. Ou, se o sol não for poderoso o suficiente, seque-a em um forno aquecido com verbena e samambaia. Em seguida, faça uma vela com a gordura de um homem enforcado, cera virgem, e Lapland gergelim".

Segundo reza a lenda, os ladrões usavam a Mão da Glória, como um castiçal, para segurar uma vela acesa feita de gordura de um homem enforcado. Assim, eles poderiam abrir qualquer porta trancada. Além de manter todos dentro da casa, inconscientes ou paralisados, até que o roubo fosse feito.

A última mão

Um detalhe curiosos sobre essa mão, encontrada em Castleton, é o fato de ela estar escondida dentro de uma parede. Os historiadores acreditam que isso tenha sido feito por questões de segurança, mas não no sentido usual da palavra. Isso porque, no passado, os artefatos ritualísticos costumavam ser escondidos atrás de muros para os proteger dos maus espíritos. É bem provável que seja por isso que a Mão da Glória tenha sido guardada ou escondida, dentro de uma parede.

Outra hipótese relevante é que, talvez, esta tenha sido uma Mão da Glória escondida depois de um assalto. O fato é que as Mãos de Glória foram objetos muito populares na literatura, a partir de 1700. Desde então, contos mórbidos sobre esse tal artefato com poderes sobrenaturais se espalharam por toda Europa. Desde a Finlândia até a Itália e Irlanda, chegando até o ocidente da Rússia.

E você, já tinha ouvido falar sobre a Mão da Glória? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+