icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Você pode estar contribuindo com um dos maiores problemas da humanidade apenas por ter um ar-condicionado

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      16/07/18 às 14h50
capa do post Você pode estar contribuindo com um dos maiores problemas da humanidade apenas por ter um ar-condicionado

Com o planeta ficando cada dia mias quente, e as temporadas de calor mais duradouras, a utilização do ar-condicionado tem se tornado quase que vital. Tanto que para o primeiro ministro de Singapura, o aparelho é a invenção mais importante do último milênio.

Um estudo publicado no jornal PLOS Medicine responsabilizou o ar-condicionado pelas estações estarem cada vez mais quentes. No estudo, os cientistas analisaram o impacto que o aparelho tem na saúde e no clima, uma vez que por se tratar de um eletrodoméstico precisa ser alimentado por energia elétrica e muitos países não possuem fontes limpas para gerá-la.

O estudo

A utilização destes aparelhos, de acordo com o artigo cientifico, tem criado um efeito cascata. Quanto mais quente o clima fica, mais os utilizamos e, consequentemente, mais poluímos. A produção de energia nos Estados Unidos, por exemplo, é a segunda maior fonte de emissão de gases de efeito estufa no mundo.

A poluição do ar está diretamente ligada ao aumento de mortes. Uma estimativa certifica de que em 2050, os números de mortes em decorrência de problemas respiratórios saltarão para cerca 969 casos anuais. E isso é alarmante.

O co-autor do trabalho em questão dirigido pelo Instituto Médico Global da Universidade do Wisconsin-Madison, Jonathan Patz, em entrevista ao Earther afirma que: "Ar condicionado salva vidas de ondas de calor. Mas se a eletricidade utilizada para fazer esses aparelhos funcionarem vier de usinas termoelétricas a carvão, por exemplo, então teremos um problema".

O estudo é concluído afirmando que mesmo com a transição para fontes de energia mais limpas no futuro, os prejuízos ainda podem existir. Resultados do PDE (Plano Decenal de Expansão de Energia) mostram que no Brasil a parcela renovável da matriz energética atingirá 48% em 2026.

Um relatório emitido pelo Greenpeace Brasil em 2016 foi um pouco mais otimista, prevendo o Brasil com 100% de participação de fontes renováveis até 2050. Contudo, a pesquisa realizada pela Universidade do Wisconsin-Madison não deseja culpar ou envergonhar as pessoas pelo uso de seus aparelhos. A intenção é conscientizá-las para que isso não seja um ato impensado. Especialmente porque pessoas morrem devido à poluição que estes utensílios como estes  estão produzindo.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueça de compartilhar com os amigos.


Próxima Matéria
Via   Gizmodo     Earther  
avatar Jesus Galvão
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest