• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Você sabe como é um espermatozoide por dentro?

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      26/01/18 às 14h46

Foi ainda no ano de 2014 que escrevemos uma matéria falando sobre 7 fatos curiosos sobre o espermatozoide que você não sabia. Mas vem cá, o quanto você sabe sobre o espermatozoide? Com certeza vocês já devem ter visto na internet um espermatozoide no microscópio, mas e por dentro, como ele é? Tendo em mente que muitas pessoas nem sequer já se perguntaram isso, resolvemos trazer essa questão na nossa matéria.

A célula reprodutora masculina, no geral, consiste em uma cabeça e uma cauda ou flagelo. Mas por dentro a coisa é um pouco diferente. Na verdade os espermatozoides por dentro são um tanto complexos e a gente mostra para vocês como é. Confiram:

Um espermatozoide por dentro

1 - Cabeça

Começando pela cabeça, com um comprimento de 5 µm (micrômetro), a cabeça do espermatozoide é subdividida em três partes. A parte achatada é chamada de cofre magnético e onde está o material genético. É nesse núcleo onde está armazenado os 23 cromossomos paternos, os mesmos responsáveis por transmitir o DNA para o bebê.

Na cabeça também podemos encontrar a nanocamisinha, que é a membrana plasmática que envolve o espermatozoide e que o protege do ambiente externo. Quando ocorre a fecundação, a nano camisinha se rompe e permite que as enzimas do acrossomo entrem em ação.

Por último temos as enzimas corrosivas. O acrossomo é uma estrutura em forma de capuz. Lá fica armazenado milhares de enzimas que são liberadas durante a fertilização e tem a função de dissolver a parede do óvulo, fazendo com que o espermatozoide penetre o núcleo do gameta feminino.

2 - Peça Intermediária

Com 5 µm de comprimento, a peça intermediária é a fonte de energia da célula reprodutora masculina. Nessa parte fica as mitocôndrias. Elas ficam em forma de espiral ao redor do filamento central e produzem trifosfato de adenosina, um "combustível" que ajuda o espermatozoide a se locomover pelo sistema genital.

3 - Cauda

A cauda, como podemos perceber claramente, é a parte mais comprida do espermatozoide. Com cerca de 50 µm de comprimento. A cauda (ou flagelo) é feita de fibras densas formadas a partir do pescoço, que fica entre a cabeça e a peça intermediária. A cauda permite que o espermatozoide se locomova com um movimento parecido com o das cobras.

E aí, caros leitores, vocês se lembravam das aulas de biologia do ensino médio? Foi útil a nossa matéria? Não esqueçam de deixar  o seu comentário!

Próxima Matéria
Via   R7  
Imagens Vix Slide Share
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+